Ainda sem ser vazado, Brasiliense se impõe e vence Luziânia no Serra do Lago

Foto: Igo Estrela/Metrópoles

Por Danilo Queiroz

O Brasiliense segue voando baixa no Campeonato Candango. Na noite desta terça-feira (13/3), o time amarelo foi até o estádio Serra do Lago para jogar contra o Luziânia. Firmes na partida, os visitantes foram bastantes abusados, aproveitaram as chances de ataque e derrotaram os donos da casa por 2 a 0. Com o resultado, o Jacaré chegou aos 22 pontos e divide a liderança do torneio local com o Gama, ficando atrás no critério de saldo de gols.

Sem perder tempo, o Jacaré abriu o placar logo aos oito minutos do primeiro tempo. Depois de bom cruzamento de Alex Murici, Emerson Martins subiu mais que toda a defesa do Luziânia para tirar o zero do placar. Em desvantagem, o time mandante começou a apertar mais no ataque. Aos 16, em finalização de fora da área, Edmar Sucuri foi obrigado a fazer grande defesa. Aos 20, Heverton teve nova chance de longe, mas acabou mandando à direita do gol amarelo.

O Jacaré voltou a assustar aos 26. Em cobrança de escanteio de Gleisinho, Erick Flores cabeceou firme e o goleiro Dida espalmou para o lado. Um minuto, o goleiro azulino voltou a brilhar. Romarinho recebeu dentro da área, cortou o marcador e finalizou bem, mas parou no arqueiro do Luziânia. Aos 41, o time amarelo teve outra grande chance: Emerson Martins fez bela jogada e cruzou nos pés de Morais. Livre, ele acabou finalizando para defesa do camisa 1 goiano.

A segunda etapa começou tão quente como a primeira. Logo no primeiro minuto, o Brasiliense puxou contra-ataque e Erick Flores foi derrubado dentro da área. Na cobrança, Gilson bateu e Dida voou no canto esquerdo do gol para defender. Aos 4, o Jacaré teve novo pênalti após Matheus derrubar Gilvan dentro da grande área. Desta vez, Morais foi na bola e bateu com firmeza para aumentar o placar para o time visitante: 2 a 0.

Com a vantagem, o Brasiliense passou a controlar o jogo e o Luziânia só voltou a ameaçar aos 26. Em bola rebatida na área, Matheus cabeceou com força e obrigou Edmar Sucuri a fazer boa defesa. Aos 32, o Jacaré voltou ao ataque e Dida fez nova boa defesa em chute de Peninha. Dois minutos depois, Peninha obrigou o goleiro goiano a trabalhar outra vez em cobrança de falta no ângulo. Aos 36, Peninha (ele outra vez) recebeu livre, mas desperdiçou ao tentar de cobertura.

Com a vitória, o Brasiliense segue colado no Gama na ponta da tabela do Candangão. No domingo (17/3), o clube amarelo terá pela frente o esperado clássico contra o alviverde no estádio Bezerrão, às 17h em embate de líderes do torneio local. Um dia antes, no sábado (16/3), o Luziânia atua novamente no estado de Goiás, mas no estádio Diogão, onde medirá forças com o Formosa no clássico goiano. A partida está marcada para começas às 20h.


ESTÁDIO SERRA DO LAGO, LUZIÂNIA (GO)
13 DE MARÇO DE 2019 - 8ª RODADA
PÚBLICO: 1.758 Torcedores - RENDA: R$ 8.760,00

LUZIÂNIA
Dida; Dedê, Dedé, Matheus, e Rafinha; Castro Jr, Lucas, Tom e Heverton (Weverton); Willian e Felipe Tanque

Técnico: Luiz Carlos Sousa

BRASILIENSE
Edmar Sucuri; Alex Murici, Badhuga, Antônio Carlos e Gleisinho; Geovane, Emerson Martins, Erick Flores (Radamés) e Morais (Peninha); Romarinho e Gilvan (Maykon Leite)

Técnico: Adelson de Almeida

Postar um comentário

0 Comentários