Tarta: "Darei o sangue dentro de campo para dar calendário ao Gama"

Foto: Divulgação/Gama

Um dos principais jogadores do Gama desde a última temporada, o volante Tarta realmente incorporou o espírito de garra e luta que marca o alviverde. Os gols e, principalmente, a entrega do volante dentro dos jogos o fizeram cair rapidamente nas graças da exigente torcida gamense. Curtindo a boa fase do time - líder do Campeonato Candango com 100% de aproveitamento -, o jogador está cheio de planos.

Em entrevista concecida ao site oficial do Gama, o jogador falou sobre a preparação para o ano e o bom início de temporada do alviverde. O principal objetivo do volante de 26 anos, porém, já está estabelecido: dar calendário ao clube. "O grupo está bastante unido e o motivo principal de todos os jogadores e comissão é um só: dar calendário ao Gama. O time está em evolução e estou muito confiante de que vamos melhorar mais para atingir o objetivo de ser campeão”, enfatizou Tarta.

Até o momento, o jogador já anotou três gols na temporada. Curiosamente, Tarta foi às redes em 2019 sempre da mesma maneira: em cobranças de falta, uma de suas principais especialidades. "Na pré-temporada eu treinava antes dos treinos. Chegava mais cedo, pegava as bolas e a barreira e ficava sozinho. Depois que começou o campeonato, treino no decorrer da atividade e depois que acaba, ainda bato algumas faltas com o Calaça", explicou.

Apesar de o Gama estar vivendo uma excelente fase na liderança do Candangão, o volante é cauteloso. Para Tarta, o alviverde terá a primeira sequência difícil de jogos ao enfrentar adversários diretos pela ponta. "O campeonato vai afunilando com todos querendo a liderança. Agora vamos enfrentar clubes que estão entre os quatro primeiros. Então, vai começar a ser um campeonato mais difícil”, analisou o jogador. 

Para os sete desafios finais da primeira fase do torneio local, o jogador acredita que a união do elenco gamense poderá ser um grande diferencial em busca dos triunfos que garantiriam a lideraça e eventuais vantagens para o alviverde até uma possível final de Candangão. “O grupo está focado, treinando firme e forte. Eu acredito que vamos chegar muito bem para o restante do campeonato”, completou.

Finalizando a conversa com o site oficial gamense, o atleta deixou um recado para os torcedores alviverdes. "Acredito que sempre tem de haver cobrança. Eu sabia disso quando decidi jogar pelo Gama e é assim que nós temos mais sede de vitória. Lotem sempre o Bezerrão e nos apoiem, pois precisamos da torcida. Da minha parte e de todo grupo, não irá faltar garra e cada vez mais estaremos dispostos a dar o sangue por esse time para atingir nosso objetivo: o título", finalizou.

Postar um comentário

0 Comentários