Nada de futebol carioca: após litígio com o Brasiliense, Jobson acerta volta ao Capital

Foto: Divulgação/Capital

Por Danilo Queiroz

Nem Madureira (RJ), nem Portuguesa (RJ). Após manifestar interesse e divulgar que estava praticamente acertado para jogar em um time carioca, o destino do atacante Jobson aida será no futebol do Distrito Federal, porém, longe do Brasiliense, de onde foi afastado após litígio interno. Nesta quarta-feira (20/2), o jogador fechou contrato para vestir novamente a camisa do Capital.

A informação da negociação de Jobson com o clube celeste foi divulgada inicialmente pelo Uol Esporte e confirmada pelo Distrito do Esporte. Com a assinatura do vínculo, o jogador chega para compor o elenco do Capital por três meses, até o fim da disputa do Campeonato Candango. Uma cláusula do contrato diz que ele não pode entrar em campo contra o Brasiliense

Na negociação, ficou definido que o Capital será responsável por bancar todo o salário de Jobson. Após o fim do empréstno, o Brasiliense deve colocar o atacante novamente no mercado, já que pretende recuperar o valor investido nele. Além de bancar os vencimentos do jogador, o clube ainda teve gastos extras como moradia. 

A nova passagem pela Coruja tem novamente um tom de recomeço para o polêmico jogador. Em 2018, Jobson atuou pelo time celeste durante parte da campanha na Segunda Divisão do Campeonato Candango, ajudando na conquista do título e do acesso para a elite. Na ocasião, a contratação marcou o retorno do atleta aos gramados após suspensão por doping.

O próximo compromisso do Capital pelo Candangão 2019 é justamente contra o Brasiliense, no próximo sábado (20/2), no estádio Serejão. Impedido de enfretar o Jacaré por força contratual, o atacante deve reestrear com a camisa do Capital apenas em 10 de março, quando a Coruja recebe o Santa Maria no Estádio Mané Garrincha.

Postar um comentário

0 Comentários