Gama e Luziânia empatam em bom jogo e Paracatu vence o lanterna Bolamense

Foto: Reprodução

Por João Marcelo

Dois jogos eram esperados por motivos diferentes neste sábado, 16. O primeiro a acontecer, Paracatu x Bolamense, botava de frente uma equipe candidata ao G8 contra o lanterna da competição. E pouco tempo depois, Gama e Luziânia, como o jogo mais esperado da rodada. Enquanto o primeiro decepcionou pela qualidade técnica abaixo do normal e expulsões, o segundo correspondeu as expectativas contando com diversas chances, goleiro da noite e golaço.

Na tarde deste sábado (16), mais precisamente às 16:30, o Paracatu recebeu o Bolamense em seu estádio, o Frei Norberto. Buscando ficar mais bem colocado no G8, o time mineiro não precisou de muito tempo para abrir o placar, foram precisos apenas seis minutos. Davi marcou com assistência de Cecel e fez um a zero para a equipe de Minas Gerais. A Águia Mineira ainda fez o segundo com Danilo Itaporonga, mas foi anulado por toque de mão.

O Bolamense chegou ao empate com Alisson, mas não ficou muito tempo comemorando. Logo após, cerca de dez minutos depois, o Paracatu conseguiu fazer seu segundo gol com Danilo Itaporonga e dar números finais na partida. Porém, um fator chamou a atenção, foram cinco expulsões em Minas Gerais. Duas por parte do mandante, Zé Wilson e Richely, e três pelo adversário, Yan, Wesley Melo e Joílson.


ESTÁDIO FREI NORBERTO
16 de fevereiro de 2019



PARACATU 2
Gabriel; Henrique (Douglas Rato), Breno, Hícaro, Danilo Itaporanga; Zé Wilson, David Manteiga, Davi, Carlos Henrique (Maycon Alagoano); Richely e Cecel (Acerola).
Técnico: Joel Cornelli

BOLAMENSE 1
Clébio; Yan, Arthur, Claudinho, Márcio; Alisson, Reis, Vitinho (Wesley Melo), Johnes; JP (Alessandro) e Jorge Moreira (Joílson).
Técnico: Farley Santos

A partida mais esperada da rodada, Gama x Luziânia, era o embate entre o líder - sem sofrer gols na competição - contra o terceiro colocado. Toda a expectativa criada em cima do jogo foi vista pelos torcedores no estádio Bezerrão. A primeira equipe a balançar as redes foi a gamense, com Vitor Xavier. Após, Willian faz o primeiro golaço da noite. O jogador da equipe goiana acertou um chute com enorme precisão e deixou a partida empatada no fim do primeiro tempo.

O movimentado jogo continuou na segunda etapa, com mais um gol para cada lado. Novamente começou com o Gama, mas não foi de nenhum jogador da equipe verde, e sim de Dedé, atleta do Luziânia. Mesmo contando com uma excelente partida de Rodrigo Calaça, o Luziânia conseguiu chegar ao empate. No fim da partida, Marllon acertou uma belíssima cobrança de falta e o arqueiro gamense não conseguiu chegar, golaço e empate.


ESTÁDIO BEZERRÃO
16 de fevereiro de 2019
Público: 1840 pagantes - Renda: R$ 25.410,00


GAMA 2
Rodrigo Calaça; Felipe Tavares, Samuel, Emerson, Mário Henrique; Wagner, Tarta, Gilsinho (Lucas Dias); Jefferson Maranhão, Vitor Xavier e Nunes.
Técnico: Vilson Taddei

LUZIÂNIA 2
Márcio Fernandes (Dida); Dedé, Arthur, Perivaldo, Marcelinho; Barros, Lucas Garcia, Dan (Catatau), Marllon; William e Felipe Tanque.
Técnico: Luis Carlos Souza

Com os resultados de momento, o Gama continua líder com 13 pontos, podendo ser ultrapassado pelo rival Brasiliense. O Luziânia segue em terceiro, agora com dez pontos e só pode perder a colocação para o Sobradinho. O Paracatu ganhou três posições e agora é o quinto colocado, Real, Formosa e Ceilândia podem passar. O Bolamense amarga a última posição com cinco jogos e cinco derrotas, além de impressionantes 17 gols sofridos em 5 jogos.

Na rodada seguinte, o Gama enfrenta o Formosa no estádio Diogão em 24/02 às 17h. Também em 24/02, o Luziânia recebe o Sobradinho às 15:30. O Paracatu vem a Brasília enfrentar o Real no estádio Mané Garrincha às 11h do próximo domingo, 24. E por último, o Bolamense irá até ao estádio Serejão enfrentar o Taguatinga, em duelo dos desesperados, já que nenhuma das duas equipes venceu no Candangão 2019. 

Postar um comentário

0 Comentários