Em confronto de promovidos, Capital supera Taguatinga mais uma vez

Foto: Felipe Lisboa/Distrito do Esporte



Por João Marcelo 

Querendo se recuperar na competição, Capital e Taguatinga se enfrentaram no estádio Mané Garrincha, em partida válida pela quinta rodada. Vindo de duas derrotas, o Capital chegou a rodada com três pontos e ocupando a nona colocação, uma abaixo dos oito classificados. Pelo lado do Taguatinga, apenas dois pontos, conquistados nos empates contra Sobradinho e Ceilândia, na terceira e quarta rodada, respectivamente. No fim, melhor para Capital que saiu com os três pontos.

Marquinho Paracatu recebeu belo lançamento e partiu para cima do lateral Marcos Douglas, o atacante do Taguatinga passou e cruzou, mas Medeiros conseguiu afastar o perigo. Aos 18, bola alçada na área do Capital e no bate-rebate, Jô Baiano tenta chutar, mas só consegue raspar e o goleiro Ricardo Luiz defende com tranquilidade. Um minuto depois, Alex Piauí faz belo cruzamento e Didão consegue o cabeceio, Ricardo Luiz só observa.

Na parte final do primeiro tempo, contra-ataque do mandante. Itakaré e Alysson tabelaram, mas o zagueiro Sandro consegue recuperar e o Capital perde grande chance de abrir o placar. Com a partida próxima de ir ao intervalo, as equipes procuraram se defender mais. O placar de 0 a 0 não interessava nenhuma das equipes, que brigavam pela parte de baixo da tabela. O Capital ainda perdeu dois jogadores por contusão.

Na volta do intervalo, o Capital tomou as ações da partida. Chegando com mais criatividade ao ataque, a equipe quase chegou ao primeiro gol em uma cobrança de escanteio. Diogo saiu mal do gol e o zagueiro Medeiros cabeceou pro gol, faltando um pouco mais de força para entrar. Logo depois, Lacerda chutou prensado e a bola saiu pelo lado esquerdo do arqueiro do Taguatinga. Paulinho cobrou falta na área e a zaga desviou contra o próprio patrimônio, assustando o goleiro Diogo.

O Taguatinga assustou da mesma forma, bola levantada na área e Didão conseguiu desviar, o goleiro Ricardo Luiz ficou sem reação e só olhou a bola passar rente a trave direita. Em mais um contra-ataque do Capital, Klysman cruzou, Anjinho amorteceu para Paulinho que tentou passar por três zagueiros e perdeu mais uma chance. Outro lance de perigo da Coruja saiu no escanteio, Lacerda cabeceou e raspou a trave direita de Diogo.

Querendo sair vitorioso, o Capital foi pra cima e em um belo contra-ataque, Lacerda rola a bola para Marcos Douglas empurrar para o fundo das redes. O Capital abre o placar para alegria das 1.352 pessoas presentes no estádio. Querendo dar mais alegria a sua torcida, o Capital ainda tentou mais um. Gabriel Alves chutou no cantinho e Diogo fez uma belíssima defesa. No último lance, quase gol do Taguatinga, mas o goleiro Ricardo salvou. No fim, Capital vence e respira na competição.

O Capital sai do estádio Mané Garrincha vitorioso, chega aos seis pontos e entra no G8, assumindo a sétima colocação. A Águia de Taguatinga continua sem vencer no estadual e pode entrar na zona de rebaixamento. Na sexta rodada, as duas equipes jogarão no estádio Serejão. A primeira será o Capital, que enfrentará o Brasiliense no sábado às 16:30. No dia seguinte, o Taguatinga receberá o lanterna da competição, o Bolamense, às 10:00. 



ESTÁDIO NACIONAL MANÉ GARRINCHA
16 de fevereiro de 2019
Público: 1.352 presentes - Renda: R$ 1.694,00


CAPITAL 1
Ricardo Luiz; Marcos Douglas, Medeiros, Daniel Felipe, Romarinho; Judvan Lucas (Ives), Lacerda, Paulinho; Alysson Ferreira (Gabriel Alves), Klysman e Itakaré (Anjinho).
Técnico: Rafael Toledo

TAGUATINGA 0
Diogo; Sandro, Felipe Lira, Renato; Alex Piauí (Portugal), Didão, Thompson; Rodrigo Menezes (Ugleizer), Marquinhos Paracatu; Kelvin (Jean Felipe) e Jô Baiano.
Técnico: Ricardo Antônio

Postar um comentário

0 Comentários