Com último quarto perfeito, Cerrado vira e vence outra de forma heroica na Liga Ouro

Arte: Danilo Queiroz/Distrito do Esporte

O Cerrado Basquete continua voando baixo e jogando muito bem na Liga Ouro. Na noite desta quinta-feira (28/2), o time verde fez seu quinto jogo na competição nacional ao receber o Unifacisa, no Ginásio do Iesplan, e, de maneira heróica, venceu por 82 a 75 e garantiu mais um grande triunfo na divisão de acesso para o Novo Basquete Brasil (NBB).

Apesar da grande vitória, o primeiro quarto da partida passou a impressão de que a partida seria bem diferente. Nos primeiros minutos, o time brasiliense até começou bem e largou na frente do marcador. Porém, bastante concentrado, a equipe paraibana virou o jogo e começou a construir uma vantagem no placar. No fim, venceu o primeiro quarto por 15 a 12.

No segundo período da partida, os visitantes continuaram impondo o ritmo de jogo. Aproveitando um apagão por parte da equipe do Cerrado Basquete, o Unifacisa emendou uma sequência de cestas fazendo a vantagem subir para 14 pontos. Os brasilienses até esboçaram uma reação, porém, mais consistente, o time da Paraíba desceram para o intervalo ganhando por 37 a 21.

Após o intervalo, os brasilienses colocaram em prática as instruções passadas por Ronaldo Pacheco e começaram a mostrar seu estilo de jogo. Escalando no marcador da partida, o Cerrado chegou a deixar tudo igual 49 a 49 ainda no terceiro quarto. Porém, no fim da parcial, o Unifacisa novamente conseguiu melhorar e sair vencendo por 58 a 53.

No último quarto da partida, o Cerrado Basquete começou seu show particular de heroísmo. Segurando o time paraibano, os brasiliense começaram a encostar no placar até, que, faltando dois minutos para o fim do jogo, conseguiu tomar a frente da partida. A partir daí, praticamente sem errar, o time verde foi engatando cestas até vencer a partida por 82 a 75.

Grande destaque do Cerrado Basquete no jogo, o ala-armador Patrick Vieira foi o cestinha da partida com 26 pontos. O camisa número 11 dos brasilienses ainda anotou cinco rebotes e quatro assistências na partida. Pelo lado do Unifacisa, o melhor jogador foi o pivô pezou, anotando 14 pontos e seis rebotes no duelo.

Postar um comentário

1 Comentários

Comente a notícia