Cerrado Basquete apresenta elenco que disputará acesso na Liga Ouro 2019

O Cerrado Basquete será o representante do Distrito Federal na Liga Ouro pelo segundo ano seguido
Foto: João Marcelo/Distrito do Esporte

Por João Marcelo

Faltando pouco menos de 15 dias para a estreia oficial na Liga Ouro, o Cerrado Basquete apresentou sua equipe e algumas novidades, dentre elas a criação do Sócio-Torcedor, o uniforme oficial e o mascote do clube, que terá seu nome escolhido através de votação popular feita pelas redes sociais oficiais do time. Será a segunda participação da esverdeada equipe na divisão de acesso do basquetebol brasileiro.

O Cerrado Basquete tem apenas dois anos e meia de existência, mas já conquistou muitos corações brasilienses e pretende conquistar mais em 2019. A equipe cerradense jogará mais uma vez a Liga Ouro, campeonato de segundo escalão do basquete nacional. Em 2018, ano de sua estreia, a campanha foi abaixo do esperado. Foram 16 jogos, sendo 15 derrotas e a única vitória, conquistada em cima do Brusque. Os resultados renderam a nona e última colocação ao time brasiliense.

Para esta temporada, a expectativa de uma boa campanha é tratada como objetivo dentro do clube. Para o técnico Ronaldo Pacheco, a temporada passada serviu como experiência para o grupo. "O ano passado foi de muito aprendizado para o Cerrado na parte de logística e treinamentos. Esse ano foi tudo reformulado, mantemos alguns jogadores e repatriamos outros, atletas com boas passagens nacionais e internacionais. Estamos no nível das demais, não vai haver discrepância como no ano anterior", disse.

O comandante ainda continuou a falar sobre sua equipe e a dificuldade da Liga Ouro. "O campeonato é de muito equilíbrio, temos a consciência de que vamos representar bem Brasília. Equipes como São Paulo, Unifacisa, Rio Claro e Pato chegarão bem fortes para o torneio. Mas pelo elenco que temos, estamos nivelado com essas equipes. Já aproveito e convido a todos os torcedores para acompanhar nosso time na competição", finalizou Ronaldo Pacheco.

Novidades para a temporada


A apresentação do Cerrado também trouxe boas notícias. A primeira foi a criação do Sócio-Torcedor para os cerradenses. São dois planos, o Fanático custa R$ 19,99 por mês e o Master, R$ 49,99. Ambos garantem benefícios para seus torcedores, o segundo, por exemplo, garante ingressos para você e mais um dependente a todos os jogos do Cerrado em diversos campeonatos (Liga Ouro, Feminino, 3x3 etc).

E o clube já tem o primeiro ST, João José Vianna, o Pipoka. O ex-ala-pivô campeão Pan-Americano em 1987 estava presente no evento e falou sobre o segredo do sucesso. "Eu treinava muito, perdi muitos fins de semana, feriados. O Oscar me dizia que não gostava do apelido "Mão Santa", pois tirava todo o esforço e treinamento dele. Ele treinava muito e olha onde chegou, por isso eu digo à vocês (jogadores) treinem muito e levem esse time à NBB", exclamou Pipoka.

Além do programa de Sócio-Torcedor, o clube apresentou seu novo uniforme. Fabricado pela empresa alemã Adidas, o manto do Cerrado vem com um tom verde escuro e detalhes brancos nas laterais. Os números, na frente e verso, também são de cor branca. A assessoria do Cerrado disse que ainda não inicializou a comercialização dos uniformes, mas que a diretoria trabalha para ir as lojas o mais rápido possível.

Outra novidade ficou por conta do mascote da equipe. A figura que vai animar os torcedores no Ginásio Iesplan, lembra uma árvore, bem parecido com o Groot, personagem do filme Guardiões da Galáxia, da Marvel. O nome ainda não foi decidido e quem vai escolher são os torcedores. Todo o processo de nomenclatura do mascote será feito pelas redes sociais do Cerrado Basquete e será totalmente popular.

Liga Ouro 2019


A sexta edição da Liga Ouro contará com oito equipes participantes, são elas: Basquete Blumenau (SC), Campo Mourão Basquete (PR), Londrina Unicesumar Basketball (PR), Pato Basquete (PR), Rio Claro/Renata (SP), São Paulo (SP) e Unifacisa (PB), além claro, do Cerrado Basquete (DF). A competição dará duas vagas para o Novo Basquete Brasil (NBB), a principal liga de basquete nacional.

A casa do Cerrado Basquete na divisão de acesso será o Ginásio Iesplan, na Asa Sul. Em 2018, o clube inaugurou o Ginásio João José Vianna "Pipoka", conhecido popularmente como Pipokão. Porém, o ginásio localizado no clube da ASEEV não receberá os jogos da Liga Ouro e servirá apenas como local de treinamento da equipe. Portanto, os brasilienses terão sete oportunidades para torcerem para o clube verde.

Tabela de Jogos - Liga Ouro 2019


CERRADO x Rio Claro/SP - 16/02 - 18:00
CERRADO x São Paulo/SP - 18/02 - 20:00
Blumenau/SC x CERRADO - 23/02 - 17:00
Pato Basquete/PR x CERRADO - 25/02 - 20:15
CERRADO x Unifacisa/PB - 28/02 - 20:00
Campo Mourão/PR x CERRADO - 12/03 - 19:30
Londrina/PR x  CERRADO - 14/03 - 19:30
CERRADO x Blumenau/SC - 25/03 - 20:00
Rio Claro/SP x CERRADO - 30/03 - 18:00
São Paulo/SP x CERRADO - 01/04 - 20:00
CERRADO x Pato Basquete/PR - 09/04 - 20:00
CERRADO x Londrina/PR - 13/04 - 18:00
CERRADO x Campo Mourão/PR - 15/04 - 20:00
Unifacisa/PB x CERRADO - 25/04 - 20:00


Plantel do Cerrado Basquete:


Alan Monteiro - Ala/Pivô
Anderson CeeJay - Ala
Denys Tavares - Ala
Felippe Augusto - Ala/Pivô
Fernando Ferreira - Ala/Pivô
Gabriel Almeida - Ala
Iago Araújo - Pivô
Jhonny - Ala
John - Ala
Leandro Cruvinel - Ala/Pivô
Lucas Bruno - Ala/Armador
Luis Mendonça - Armador
Malcolm Allen - Armador
Mião - Ala/Armador
Patrick Vieira - Ala/Armador
Victor Bosch - Ala/Pivô
Vitor Kuster - Ala

Comissão Técnica e Diretoria:

Dimitri Rodrigues - Presidente
Felipe Bretas - Diretor
Ronaldo Pacheco - Técnico
Gabriel Milian - Auxiliar Técnico
Luiz Edwards Henrique Bigas - Fisioterapeuta
Cia. Athlética - Preparação Física
João Montenegro - Auxiliar de Preparação Física
Drª Camila - Médica
Letícia Kerollyn - Produção
Márcio Alexandre - Social Media
Pedro Lex - Social Media
Pedro Mortoza - Gerente do Sócio-Torcedor
Carlos Teixeira - Fotógrafo
Rener Lopes - Gerente de Comunicação
Mateus Teófilo - Assistente de Comunicação

Postar um comentário

0 Comentários