BRUTAL: Vicente Luque nocauteia Bryan Barberena

Foto: Reprodução


Por João Marcelo

Uma luta de tirar o fôlego! Assim foi o combate entre Vicente Luque e Bryan Barberena pelo UFC Phoenix da noite de domingo (17) para segunda (18). Com trocação do início até o fim, a luta poderia ter ido para qualquer um dos oponentes. A performance da dupla levantou o público no Arizona e ganhou o prêmio de "Luta da Noite". Com a vitória, Luque se aproxima do ranking dos meio-médios do Ultimate Fighting Championship.

No primeiro round, Luque começou tomando as investidas da luta e conectando bons jabs. Barberena recebia os socos, e mesmo a maioria sendo com sucesso, mostrava seu queixo duro e mostrava que seria difícil de ser nocauteado. Depois foi a vez do americano acertar um belo soco em Luque e o brasileiro sofreu um knockdown. Bryan partiu pra cima de Luque e o atleta do Cerrado MMA conseguiu se recuperar imobilizando-o. Faltou pouco Barberena perder por imobilização.

O segundo round foi melhor para "Bam Bam". O atleta estadunidense acertou mais golpes, machucando Luque, que mostrava o seu queixo duro também. A trocação ficou mais intensa e ambos levaram o público ao delírio com golpes certeiros. O atleta de Brasília foi para seu córner em desvantagem no round, mas com a luta empatada em 19-19. Para levar a disputa, precisava vencer o terceiro e último round.

Quando iniciou o round final, a tendência a "Luta da Noite" era grande, devido aos excelentes dez minutos de luta. Barberena foi mais incisivo, conectando mais golpes, mas nada que abalasse Vicente. A luta caminhava pro fim e pra vitória de Bryan quando Luque acertou jabs, diretos e duas joelhadas no americano, que foi ao chão. O "Assassino Silencioso" continuou a atacar "Bam Bam" e quando faltavam seis segundos para o fim, a luta foi interrompida, vitória de Vicente Luque.

Esta foi a quarta vitória consecutiva de Vicente Luque, que agora tem um cartel de 15-6-1. Mesmo Barberena não sendo ranqueado, a tendência é que o brasileiro entre no ranking dos meio-médios. Outro motivo que pode colaborar com a entrada no Top 15, foi o fato de Luque e Barberena terem ganho o prêmio "Luta da Noite". Cada um recebeu US$ 50 mil (cerca de R$ 185 mil) de bônus pela premiação.



UFC FIGHT NIGHT - PHOENIX, ARIZONA
17 de fevereiro de 2019


CARD PRINCIPAL

Peso-pesado: Francis Ngannou x Cain Velásquez (nocaute, 26s do 1º round)
Peso-leve: James Vick x Paul Felder (decisão unânime dos juízes)
Peso-palha: Cortney Casey x Cynthia Calvillo (decisão unânime dos juízes)
Peso-pena: Alex Caceres x Kron Gracie (finalização, 2m6s do 1º round)
Peso-meio-médio: VICENTE LUQUE x Bryan Barberena (nocaute técnico, 4m54s do 3º round)
Peso-pena: Andre Fili x Myles Jury (decisão unânime dos juízes)

CARD PRELIMINAR

Peso-galo: Jimmie Rivera x Aljamain Sterling (decisão unânime dos juízes)
Peso-galo: Benito Lopez x Manny Bermudez (finalização, 3m9s do 1º round)
Peso-mosca: Ashlee Evans-Smith x Andrea Lee (decisão unânime dos juízes)
Peso-leve: Scott Holtzman x Nik Lentz (decisão unânime dos juízes)
Peso-galo: Renan Barão x Luke Sanders (nocaute técnico, 1m1s do 2º round)
Peso-palha: Alexandra Albu x Emily Whitmire (finalização, 1m1s do 1º round)

PREMIAÇÃO

LUTA DA NOITE
Vicente Luque x Bryan Barberena

PERFORMANCE DA NOITE
Kron Gracie sobre Alex Caceres
Luke Sanders sobre Renan Barão

Postar um comentário

0 Comentários