Perivaldo completa 150 jogos de Candangão pelo Luziânia e recebe homenagem da torcida

Contra o Sobradinho, Perivaldo completou 150 jogos pelo Candangão
Foto: Benilton Sampaio/ExtraB Publicidade

Por Danilo Queiroz, com dados fornecidos por José Egidio, pesquisador do Luziânia

Com a grande rotatividade no futebol brasileiro, dificilmente um jogador fica tempo suficiente em um clube para alcançar o status de ídolo. Pela falta de calendário anual da maioria das equipes que disputam o Campeonato Candango, essa missão fica ainda mais difícil. Entretanto, a torcida do Luziânia tem em um atleta um nome para se espelhar. Com status de ídolo e chamado de Mito, o zagueiro Perivaldo está no Igrejinha há 14 temporadas.

Na partida do última sábado (23/2) diante do Sobradinho, Perivaldo chegou a 150 jogos somente pelo Candangão com a camisa do Igrejinha. Contando partidas não-oficias e de outros torneio como a Segundinha do Distrito Federal, a Copa do Brasil, a Copa Verde e a Série D do Campeonato Brasileiro e o jogador soma 217 partidas com a camisa do Luziânia. A estreia foi em um amistoso diante do Vila Nova-GO, quando o Igrejinha venceu por 2 a 0, em 31 de dezembro de 2005.

No torneio local, Perivaldo debutou em 15 de janeiro de 2006, quando o Luziânia venceu o Guará, no estádio do Cave, por 4 a 0. Já a estreia do defensor no estádio Serra do Lago ocorreu uma semana depois, quando o Igrejinha empatou com o Ceilândia em 0 a 0. Com a camisa do Azulão, o jogador foi campeão candango em duas oportunidades: em 2014 e 2016. No último, o jogador teve a incumbência de levantar a taça como capitão. Em 2012, o Mito conquistou a Taça JK.

Foto: José Egídio/Divulgação

Já o primeiro gol de Perivaldo com a camisa do Luziânia aconteceu na temporada de 2006, quando anotou um tento na vitória diante do Ceilândia por 3 a 1. Pelo Candangão, o zagueiro foi às redes em outras sete oportunidades: contra Ceilandense (2008), Legião (2009 e 2013), Dom Pedro II (2009), Cruzeiro (2011) e Santa Maria (2016). Bastante disciplinado dentro de campo, o jogador recebeu apenas dois cartões vermelhos em toda sua passagem.

Em homenagem ao tempo de serviço prestado ao clube, o zagueiro recebeu uma homenagem da torcida Força Azul, uma das organizadas do Luziânia. Durante a partida diante do Leão da Serra, os torcedores do azulino estenderam uma faixa para agraciar Perivaldo, que é chamado de Mito pelos adeptos do clube goiano. "Parabéns pelos anos de dedicação pelos anos de dedicação ao nosso Azulão", dizia uma postagem de uma foto no Facebook.

Foto: Reprodução/Facebook

E não é apenas o número de vezes que o zagueiro entrou em campo com a camisa do clube goiano que impressiona, já que o tempo que o jogador dedicou para defender o Luziânia também chama a atenção. Atuando pelo Igrejinha desde 2005, Perivaldo já soma 14 temporadas defendendo o time azulino. Neste período, deixou o time em algumas oportunidades depois do Candangão, mas sempre retornou ao local que virou sua segunda casa.

Nas vezes que saiu do estádio Serra do Lago, o zagueiro-ídolo do Luziânia vestiu as camisas de Brasiliense (2009), Ceilândia (2006 e 2012), Legião (2007 e 2008), CFZ (2011) e Caldas Novas (2013). Já antes de chegar ao Igrejinha, Perivaldo teve passagens por Grêmio Esportivo Valparaíso, onde foi revelado, e Gama, onde fez parte do elenco alviverde que conquistou o Candangão na temporada de 2003.

Números de Perivaldo com a camisa do Luziânia


Todos os jogos: 217
Candangão: 150
Segundinha: 23
Copa Verde: 4
Copa do Brasil: 4
Série D: 14
Amistosos: 22

Postar um comentário

0 Comentários