O volante (à direita) estava no Inhumas-GO e disputou a terceira divisão local
Foto: Arquivo Pessoal

Por João Marcelo

Após ser destaque do Ceilandense na disputa da Segunda Divisão do Campeonato Brasiliense de 2018, Danilo Silva defenderá um novo clube neste ano: Plácido de Castro. O volante vestirá a décima camisa em sua carreira, primeira da região norte do Brasil. O time do Acre está em fase de preparação para o estadual, com início previsto para 20 de janeiro. O Tigre do Abunã, como é conhecido, tenta seu segundo título na história.

O jovem Danilo tem apenas 24 anos, porém muito caminho percorrido no futebol. O atleta já passou por Minas Gerais, defendendo o Unaí. Jogou pelo Serrano e Tigres do Brasil no Rio de Janeiro, no Cafelândia em São Paulo e por Bolamense, Botafogo, Brazlândia e Ceilandense no Distrito Federal. Seu último clube foi a equipe goiana Inhumas, onde jogou a terceira divisão do estadual e que por pouco não conquistou o acesso, o time de Goiás ficou na terceira posição, uma abaixo dos promovidos.


As atuações pelos clubes chamaram a atenção de Irani de Almeida, técnico do Plácido de Castro. "Eu precisava de um volante para o clube, o Danilo foi indicado e eu fui pesquisar sobre. Vi o material dele e achei muito bom, é um jogador que vai nos ajudar muito e encaixa no nosso perfil", disse. O treinador ainda ressaltou as boas referências. "Conversei com o pessoal de Brasília e de Goiás, onde ele atuou por último e todos falaram bem da sua qualidade técnica. Veio para somar", finalizou.

Para Danilo, os desafios e a gana de vencer o fizeram aceitar a proposta do clube acreano. "Eu estou sentindo uma coisa boa, sei que não será fácil, mas é gratificante jogar o campeonato acreano. Minha expectativa é somar com a equipe e fazer uma excelente competição", falou. O volante ainda comentou sobre o veloz desfecho. "Foi tudo muito rápido. A proposta chegou e eu aceitei sem pensar duas vezes. Tenho certeza que será muito bom vestir a camisa do Plácido de Castro", pontuou.

A equipe acreana tem 39 anos, mas irá somente para o seu 12º campeonato estadual. A primeira participação, em 2008, já lhe rendeu o terceiro lugar. Três anos depois, um vice-campeonato e a histórica vaga para a série D. Em 2013, em sua sexta participação, o primeiro e único título. No ano anterior, a equipe ficou com o quarto lugar geral. Em 2019, o Tigre vai em busca do seu segundo título estadual e consequentemente, as vagas para a Série D, Copa do Brasil e Copa Verde de 2020.

A estreia do Plácido de Castro será em 27 de janeiro às 15:30 contra o Andirá Esporte Clube, no estádio Antônio Aquino Lopes, o Florestão, em Rio Branco (AC). Uma semana depois, a nova equipe de Danilo terá pela frente o Atlético Acreano às 17:30 no mesmo estádio da primeira rodada. Ainda na primeira fase encontrará Humaitá, Independência e o maior vencedor do campeonato acreano com 47 títulos, Rio Branco.