Giro da Rodada #1 - Brasiliense, Paracatu e Gama largam com vitórias

Peninha tem manhã insperada no Brasiliense, Paracatu vence fora de casa e Gama emplaca impiedosa goleada sobre Bolamense.

Arte: Danilo Queiroz/Distrito do Esporte

Por Danilo Queiroz e João Marcelo

A emoção já está a todo vapor nos gramados do Distrito Federal e, logo no primeiro dia de bola rolando, o Campeonato Candango de 2019 já está repleto de histórias para contar. O certame inaugural do torneio local teve a volta de estádio histórico da capital federal, confronto com rivalidade do Entorno e reedição de partida "zebrada" da última temporada marcaram o início das competições profissionais no futebol candango.

Na manhã deste sábado (26/1), Brasiliense e Santa Maria abriram o Candangão 2019 mataram a saudade dos torcedores da capital federal ao "reinauguraram" o estádio Serejão. À tarde, Luziânia e Paracatu realizaram o "clássico do Entorno", com primeira vitória de visitante na história do confronto. Para encerrar o dia, o Gama veio à forra e se vingou do Bolamense, que havia vencido o alviverde na abertura do Candangão 2018.

Brasiliense 3 x 0 Santa Maria
Para o Brasiliense, o primeiro sábado de competição foi de festa total. Voltando ao principal palco de sua história, o Jacaré contou com o apoio de 1.015 torcedores para se impôr diante do Santa Maria e vencer sem dificuldades por 3 a 0, abrindo a temporada 2019 com uma excelente atuação. Com a acachapante derrota e, principalmente, pelo desempenho dentro de campo, a Águia começa, desde já, a se preocupar com o que está por vir no torneio local. 

O time amarelo pulou à frente do placar logo aos 17 minutos do primeiro tempo, o meio-campo Peninha cobrou pênalti sofrido por ele mesmo com bastante qualidade para abrir o placar. Aos 13 da segunda etapa, o estreante Almir aproveitou escanteio para ampliar. O jogo teve números finais também na bola parada aos 28 minutos. Depois da bola bater no braço de Cristiano dentro da área, Romarinho deixou o dele ao converter a penalidade.

Luziânia 0 x 1 Paracatu
O Paracatu também já começou o Campeonato Candango mostrando que quer dar bastante trabalho e levar a taça local para bem longe, mais precisamente para Minas Gerais. Mesmo jogando no estádio Serra do Lago diante do bicampeão Luziânia, a Águia Mineira não se intimidou e arrancou uma vitória por 1 a 0. Esta foi a primeira vitória de um time visitante na historia do clássico do Entorno pelo Candangão.

O único gol da partida foi marcado aos 3 minutos do segundo tempo por uma das principais contratações do Paracatu para a temporada. Diante de 609 pessoas, Richely roubou a bola no campo de ataque da Águia, avançou e acertou um bom chute da meia-lua da grande área. Apesar de se esforçar, o goleiro Márcio Fernandes não teve elasticidade suficiente para impedir do time mineiro levar os três pontos na bagagem.

Gama 5 x 0 Bolamense
O maior campeão do Distrito Federal não teve dó do Bolamense. Com um primeiro tempo impressionante, a esverdeada equipe começou o Candangão com pé direito. Em sua casa, o estádio Bezerrão, o Periquito não queria repetir o ano anterior, quando perdeu para o mesmo Bolamense por 2 a 1. E com isso, contou com o apoio de sua apaixonada torcida, mesmo debaixo de muita chuva. Os presentes puderam ver um show, assinado por Jefferson Maranhão e Tarta.

Logo aos 10 minutos, começou o espetáculo do Gama, abrindo 1 a 0 com Tarta. Sete minutos depois, o volante marca novamente. Aos 23, o terceiro do Gama e o primeiro de Jefferson Maranhão. O alviverde continuou impiedoso e marcou o quarto, segundo de Jefferson. Faltando 15 minutos para o fim, com 4 a 0 pro Gama, o Bolamense teve a chance de diminuir com um pênalti. Rodrigo Calaça defende e no contra-ataque, o Periquito fecha a conta, 5 a 0, com hat-trick de Jefferson.

O Candangão tem sua rodada encerrada amanhã (27/01), com mais três jogos. Logo ás 10:30, o Ceilândia recebe o Real em seu estádio, Abadião. Meia hora depois é a vez dos campeões de 2018, Sobradinho, campeão da primeira divisão, enfrentará o Capital, campeão da segunda divisão em território alvinegro, o estádio Augustinho Lima. Para fechar a rodada, o Taguatinga visita o Formosa no estádio Diogão, a bola rola às 17h e marca o retorno da Águia à primeira divisão.

Postar um comentário

1 Comentários

  1. Infelizmente o futebol nosso não vai a lugar nenhum com esses dirigentes amadores que tem nesses clube!!!! Lamentável.

    ResponderExcluir

Comente a notícia