Com duas propostas, Jobson deve ir para o Rio; Brasiliense divulga nova nota sobre o caso

A segunda passagem de Jobson pelo Brasiliense acaba de maneira melancólica
Foto: Lucas Bolzan/Brasiliense
Por Danilo Queiroz e João Marcelo

O caso que afastou o atacante Jobson do Brasiliense ainda está rendendo bastante assunto na equipe. Depois de divulgar nota divulgando o afastamento do jogador do elenco do técnico Adelson de Almeida, o clube amarelo soltou novo comunicado detalhando a punição para camisa sete. O Jacaré, inclusive, colocou o atleta como disponível para negociação ou empréstimo.

O texto, assinado por Luiza Estevão, vice-presidente de futebol do clube, veio com um tom semelhante a um desabafo. Dividido em cinco tópicos, o posicionamento ressalta que o clube trouxe o jogador buscando "lhe oportunizar a possibilidade de retomada da carreira, tendo pago os salários e a moradia de Jobson sem sequer tê-lo utilizado, já que não houveram competições no período".

O Brasiliense destacou ainda que continuará disponibilizando as dependências do CT do clube para que o atacante mantenha seu condicionamento físico e técnico enquanto não surgirem propostas de compra ou empréstimo. O horário dos treinamentos, porém, será em turno contrário aos trabalhos realizados pelos demais atletas do elenco amarelo. O jogador também foi punido financeiramente.

Jobson deve fechar com time carioca


Com o imbróglio, o destino de Jobson deve ser o futebol do Rio de Janeiro. A negociação, inclusive, deve se concretizar nos próximos dias. Na quinta-feira (23/1), o atacante viajará para o estado para tentar adiantar as conversas. Segundo o atlta, Madureira e Portuguesa-RJ seriam os clubes que estariam interessados em contar com o seu futebol na temporada 2019.

Evitando declarações polêmicas sobre a confusão que o afastou do elenco, Jobson apenas desejou boa sorte para os demais companheiros para a disputa Campeonato Candango. "Isso tudo é sinal de que eu não sou importante para jogar no Brasiliense. Desejo sorte. Fiz amizades no clube e tenho companheiros que não merecem má-sorte. Vida que segue", disse ao Distrito do Esporte.

Durante a tarde desta quarta-feira (23/1), o atacante Jobson postou alguns vídeos nas redes sociais. Nas imagens, é possível vê-lo em uma academia realizando treinos físicos. "Parar de treinar? Jamais", frisou o agora ex-jogador do Brasiliense nas filmagens. Com isso, a segunda passagem do atleta pelo Jacaré termina sem ele sequer entrar em campo.

Confira a nota na íntegra:


"Tendo em vista informações incorretas concedidas na nota publicada anteriormente neste site, sem aprovação da vice-presidente de futebol, o Brasiliense Futebol Clube oficialmente esclarece:
a) O clube disponibilizará horário diferenciado de treinamento, para que o Jobson mantenha seu condicionamento físico e técnico;
b) O atleta será punido em parte do seu salário na forma da lei;
c) O atleta está disponível para negociação por empréstimo ou aquisição dos direitos federativos;
d) O Brasiliense, usando-lhe oportunizar a possibilidade de retomada da carreira, contratou-o desde 2018, tendo pago os seus salários e moradia, até a presente data, sem tê-lo utilizado, visto que não disputou nenhuma competição neste período;
e) O Brasiliense não informará as razões que a levaram a adotar as medidas acima, em respeito a privacidade e imagem do atleta.

Luiza Estevão de Oliveira"

Postar um comentário

0 Comentários