Péssimo segundo quarto pesa e Brasília é derrotado pelo Paulistano no NBB

Time de Brasília chegou a vencer três períodos do jogo, mas acabou sendo derrotado por um ponto
Foto: Reprodução/Twitter/Universo

A 10ª derrota do Universo/Caixa/Brasília na temporada do Novo Basquete Brasil (NBB) veio com requintes de crueldade para a equipe da capital federal. Mesmo vencendo três quartos do jogo, o péssimo desempenho apresentado no segundo período da partida diante do Paulistano, em São Paulo, acabou sendo primordial na derrota por 83 a 82.

O primeiro quarto do duelo mostrou um grande equilíbrio entre paulistanos e brasilienses. Orquestrada por Nezinho e Arthur, a franquia brasiliense mostrou bastaste força durante os dez minutos iniciais de jogo mesmo atuando como visitante. O bom desempenho garantiu a vitória do período por 26 a 23.

Porém, o quarto seguinte reservada um desastre que acabou colocando toda a partida a perder. Irreconhecíveis em quadra, os brasilienses acabaram sendo dominados pelos jogadores do Paulistano. Com oito pontos e lindas jogadas individuais, Georginho comandou o grande desempenho do time paulista e garantiu a esmagadora vitória por 30 a 11, virando o placar para 53 a 37.

Com grande desvantagem no marcador, coube ao Universo/Brasília buscar a recuperação na tentativa de vencer a última partida de 2018. Mais concentrados, os brasilienses voltaram a dar trabalho para o time do Paulistano e começaram a tirar aos poucos a vantagem aberta pelo time da casa antes do intervalo. No fim, a parcial foi vencida pelo time da capital por 24 a 16.

Os dez minutos finais da partida foram bastante eletrizantes. Sem se entregar, o time candango mostrou grande poder de reação, chegando a empatar o marcador no período. Na sequência, o Paulistano voltou a abrir vantagem, mas os visitantes tornaram a reagir e o jogo pegou fogo nos segundos finais. Por fim, os donos da casa acabaram vencendo por 83 a 82.

Na lanterna da temporada do Novo Basquete Brasil (NBB), o Universo/Caixa/Brasília terá agora alguns dias para esfriar a cabeça e se preparar na tentativa de se recuperar na competição nacional. Com a pausa do torneio para o fim do ano, a franquia da capital federal só volta às quadras em 11 de janeiro, contra o mesmo Paulistano, às 20h, no Ginásio da AsCEB.

Postar um comentário

0 Comentários