Vicente Luque vai em busca da quarta vitória consecutiva na organização

Foto: Reprodução da Internet


Por João Marcelo

A volta de Vicente Luque ao octógono já tem data, 2 de fevereiro de 2019. Será a décima luta do atleta na organização. O americano de nascimento e brasiliense de coração é representante do Cerrado MMA, academia localizada no Clube Social Vizinhança, na L2 Norte, Brasília. O atleta vai em busca da sua oitava vitória na organização, as outras sete foram por finalização ou nocaute. A última, um belo nocaute, contra o americano Jalin Turner, no UFC 229. E a próxima será novamente contra um americano, Bryan Barberena.

O Ultimate Fighting Championship anunciou esta semana mais uma luta no UFC Fortaleza, trata-se do norte-americano Bryan Barberena contra o americano-brasileiro Vicente Luque. Será a luta de número dez de Luque, com sete vitórias e apenas duas derrotas, para Michael Graves e Leon Edwards. Já Barberena vem com um cartel de cinco vitórias e três derrotas, sendo uma dessas derrotas também contra o jamaicano Leon Edwards.

Vicente Luque vive um momento de evolução na organização, foram três vitórias nas últimas três lutas. A primeira, contra Niko Price, um estrangulamento no UFC Fight Night 119 em outubro de 2017. Sete meses depois, uma nova vitória, desta vez por nocaute contra Chad Laprise no UFC Fight Night 129. E a última, contra Jalin Turner, um nocaute aos 3 minutos e 52 segundos válido pela UFC 229 em 6 de outubro. 

As lutas serão no Centro de Formação Olimpíca, em Fortaleza, capital do Ceará. Porém, o Distrito Federal sendo representado, a academia Cerrado MMA conta com Vicente Luque em sua equipe. O atleta se reveza entre Estados Unidos, local de nascimento, e Brasil, onde treina na Asa Norte. A academia, localizada na 604 norte, oferece diversas modalidades, tais como: Jiu-jitsu, muay thai, wrestling, boxe e luta livre.

UFC em terras cearenses


O UFC voltará ao Ceará depois de um ano e onze meses. Em março de 2017, o Centro de Formação Olimpíca recebeu o UFC Fight Night 106, que contava com a luta principal entre Vitor Belfort x Kevin Gastelum. O evento contou com 13 brasileiros e 6 deles venceram, Paulo Borrachinha, Serginho Moraes (que venceu o outro brasileiro Davi Ramos), Michel Prazeres, Alex Cowboy, Edson Barboza e Maurício Shogun. Na luta principal, a vitória do americano Gastelum frustou o público que torcia para o fenônemo Vitor Belfort.

Esta será a terceira passagem do UFC pelo Ceará, o primeiro em 2013 e o último já citado. O card até o momento é esse:

2 de fevereiro de 2019, em Fortaleza, Ceará.

Peso-galo: Raphael Assunção x Marlon Moraes
Peso-meio-médio: Demian Maia x Lyman Good
Peso-palha: Alexa Grasso x Marina Rodriguez
Peso-meio-médio: Thiago Pitbull x Max Griffin
Peso-pesado: Júnior "Baby" Albini x Dmitry Sosnovskiy
Peso-mosca: Mara Romero Borella x Taila Santos
Peso-mosca: Rogério Bontorin x Magomed Bibulatov
Peso-meio-médio: Bryan Barberena x Vicente Luque
Peso-meio-pesado: Johnny Walker x Justin Ledet*

Em negrito, brasileiros.
*Esta luta ainda não confirmada pela organização.