O jogador é o sexto nome do TEC e esperança de gols para o Candangão 2019

Foto: Arquivo Pessoal/Weslley Brasília

Por João Marcelo

Visando fazer um excelente campeonato em seu retorno à primeira divisão, o Taguatinga Esporte Clube fechou com o atacante Weslley Brasília. O jogador, que em 2018 passou por Formosa e Botafogo-DF, agora quer voar alto, assim como a Águia de Taguatinga. O atleta, assim como os outros nomes confirmados, começarão a ser treinados por Ricardo Antônio em 27 de dezembro. A estreia do TEC será um mês depois, contra a ex-equipe de Weslley, o Formosa.

Após ter anunciado os cinco primeiros nomes para a disputa do Candangão 2019, o Taguatinga acertou com um grande conhecido do futebol brasiliense, Weslley Brasília. O atacante disputou o Candangão 2018 pelo Bosque Formosa e foi um dos principais nomes que levou a equipe goiana até as quartas de final da competição. Foram três gols em sete jogos pelo Tsunami do Cerrado, sendo o vice-artilheiro da equipe no campeonato brasiliense.

Com o fim da primeira divisão, o atleta acertou com o Botafogo-DF para a disputa da divisão de acesso do campeonato brasiliense. O atacante só consegui estrear pela equipe alvinegra na terceira rodada e já mostrou qualidade. Na quarta, um belíssimo gol contra o SESP/Samambaense, que lhe rendeu indicação ao Prêmio Dimba. A sua última partida pelo Glorioso do Cerrado foi contra o Planaltina, já com poucas chances de classificação. O resultado, 1 a 1, deixou o time fora do mata-mata.

O Taguatinga, que disputava o atleta com outras equipes, seduziu o atacante pelo planejamento. "Realmente eu tinha propostas de outros clubes e a minha cabeça estava que eu iria jogar pelo Formosa para continuar o que começou no início de 2018, mas não chegamos a um acordo. Abri conversas com outras equipes e o que mais me chamou a atenção foi o TEC pelo projeto e pessoas envolvidas. Tenho certeza que faremos um bom campeonato, a ideia é chegar as finais", disse Weslley Brasília. 

O atacante ainda disse à reportagem do Distrito do Esporte sobre o que espera do Candangão 2019. "A expectativa é enorme e tenho certeza que será equilibrado. Quem joga e jogou esse campeonato, sabe o quão difícil é disputar. Quem vem de fora se surpreende pela dificuldade que é. Eu tive a felicidade de ser campeão (pelo Brasiliense) e foi muito difícil ganhar o título. Eu acho que o desse ano (2019) será o mais disputado dos últimos anos, o nível promete e eu espero ajudar minha equipe", finalizou.

A Águia iniciará seus treinos em 26 de dezembro, há um mês de sua estreia, contra o Bosque Formosa. A partida ocorrerá em 27 de janeiro às 16:30, no estádio Diogão, em Formosa (GO). Será a primeira partida do TEC depois de 20 anos longe da primeira divisão. A equipe é a quarta maior detentora de títulos do Campeonato Brasiliense, com cinco taças, atrás apenas de Gama, Brasiliense e Brasília.