O Cerrado Basquete será novamente o representante de Brasília na competição
Foto: Daniel Nery/Divulgação/LNB

Por Danilo Queiroz

Considerada a segunda divisão do basquete nacional, a Liga Ouro ficou com um número de participantes aquém do que o esperado. Para 2019, a Liga Nacional de Basquete (LNB) confirmou a participação de oito equipes em busca de uma vaga no Novo Basquete Brasil (NBB): Basquete Blumenau , Campo Mourão Basquete (PR), Cerrado Basquete (DF), Londrina Basketball (PR), Pato Basquete (PR), Rio Claro (SP), São Paulo e Unifacisa (PB) buscarão o acesso para a elite nacional.

Com isso, a Liga Ouro de 2019 terá representantes de quatro estados diferentes do país além do Distrito Federal (Paraná, Paraíba, Santa Catarina, São Paulo) e estará presente em quatro das cinco Regiões do Brasil: Sul, Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste. Dos sete times participantes nesta temporada, somente o Pato Basquete, da cidade de Pato Branco (PR), nunca disputou a Liga Ouro. Apenas Cerrado Basquete e Unifacisa jogaram a última temporada.

Após a divulgação da primeira versão desta matéria, o São Paulo anunciou através de nota oficial que também assinou contrato com a LNB para a disputa da próxima temporada da Liga Ouro. O Tricolor Paulista possui títulos na modalidade, como o Campeonato Brasileiro feminino de 2002. Na retomada do projeto, o clube irá mandar suas partidas no ginásio do Morumbi. Com a vaga confirmada, os esforços serão concentrados na montagem do time.

Nas primeiras reuniões para a organização da próxima edição, doze agremiações haviam participado das conversas para jogarem a Liga Ouro em busca de um lugar no NBB. Camisas pesadas como Palmeiras, Santos e Macaé eram apontadas como alguns dos participantes do torneio. Entretanto, a necessidade de apresentar garantias financeiras de R$ 500 mil em patrocínios e pagar a inscrição de R$ 33 mil cerca de um mês depois afastaram muitos interessados.

Uma nova reunião com as equipes participantes foi agendada para 4 de dezembro em São Paulo, quando serão definidos os aspectos técnicos da competição, a tabela de jogos e a data de início, prevista para a segunda quinzena de fevereiro. Assim como em 2018, somente o campeão garante vaga na edição seguinte do NBB. Na última Liga Ouro, o Corinthians ficou com a vaga. Vice-campeão, o São José acabou sendo convidado e também está jogando a elite.

Na edição de 2018, o basquete de Brasília contou com duas equipes participando da competição. Além do Cerrado Basquete, que acabou armargando a lanterna do torneio, o Brasília Búfalos (que posteriormente deixaria de existir para a retomada do projeto da franquia do Universo) também disputou a Liga Ouro, sendo eliminado eliminado pelo Londrina na primeira etapa de play-offs. De volta ao torneio, a equipe verde já está adiantando seu planejamento.