Halloween tenebroso: em jogo com duas prorrogações, Brasília perde outra no NBB

Time brasiliense foi superado pelo Bauru por 113 a 105 na volta à ASCEB
Foto: Twitter/BSBBKT

A quarta-feira de halloween foi de pesadelo para o Universo/Caixa/Brasília no Novo Basquete Brasil (NBB). Em jogo que marcou a volta da equipe ao Ginásio da ASCEB, a franquia brasiliense acabou saindo de quadra derrotada pelo Bauru Basket. A partida entre os dois times foi bastante parelha e precisou de duas prorrogações para conhecer quem seria o vencedor. Ao estouro do sexto tempo de jogo, o time paulista saiu vencedor por 113 a 105.

O técnico André Germano mandou à quadra uma formação diferente da que iniciou o jogo diante do Mogi das Cruzes, na última sexta-feira. Os donos da casa começaram bem e chegaram a ter três pontos de frente. Os visitantes reagiram no jogo e o duelo ganhou em emoção já na primeira parcial. As duas equipes não desgarraram no placar, praticamente trocando cestas durante os dez minutos iniciais. Assim, o primeiro quarto terminou com leve vantagem dos visitantes, por 24 a 23. 

O jogo teve tônica semelhante no segundo período. Em alguns momentos, as duas equipes se mantiveram empatadas. Apesar de mostrar já mostrar intensidade maior do que nas primeiras partidas do NBB 11, o Universo/Caixa/Brasília chegou a estar oito pontos atrás no placar. A equipe, entretanto, mostrou poder de reação, cortando a desvantagem pouco a pouco e terminando o primeiro tempo apenas três pontos atrás: 50 a 47. 

Na volta do intervalo, o Universo/Caixa/Brasília conseguiu imprimir um bom ritmo. Atacando com consciência e defendendo com firmeza, os donos da casa mantiveram o placar sob controle durante grande parte quarto. No fim, o Bauru conseguiu desgarrar no marcador. Mesmo assim, a postura aguerrida do time da capital federal fez com que os donos da casa mantivessem a partida sob controle. Ao final de três períodos, a vantagem do time paulista era de oito pontos (75 a 67). 

O quarto período viu o Universo/Caixa/Brasília apresentar a melhor performance até o momento no NBB 11. Com uma defesa ajustada, que sufocou os principais pontuadores do Bauru, os donos de casa, empurrados por sua barulhenta torcida, conseguiram anotar nada menos do que 22 a 14 no placar parcial, pontuação suficiente para levar o jogo para a prorrogação, após empate em 89 a 89. Em noite iluminada, Zach Graham foi responsável por 11 pontos da equipe brasiliense no quarto.

No tempo extra, Universo/Caixa/Brasília e Bauru promoveram um verdadeiro teste para cardíacos. Os donos da casa chegaram a estar sete pontos atrás a menos de três minutos para o fim do duelo. Mesmo assim, duas bolas de três pontos, de Ricky Sánchez e Rafa Moreira colocaram novamente o time no jogo. No apagar das luzes, uma bandeja de Nezinho empatou o jogo em 100 pontos a quatro segundos do fim do duelo, obrigando a realização da segunda prorrogação da noite. 

No segundo tempo extra, o Universo/Caixa/Brasília não conseguiu colocar em prática o mesmo desempenho dos quartos anteriores. Com isso, o Bauru aproveitou para dominar as ações e vencer a segunda prorrogação do jogo por 13 a 5. Mesmo lutando até o fim, a franquia brasiliense não conseguiu sair de quadra com a vitória. Apesar do revés por 113 a 105, entretanto, o time mostrou evolução.

"Foi o segundo jogo em que estivemos muito perto da vitória. Estou muito orgulhoso do meu time. Foi um esforço conjunto muito grande, do primeiro ao último jogador, e também de toda a nossa comissão técnica. Não foi o desfecho que a gente queria, mas temos 48 horas para nos recuperarmos dessa derrota. Vamos assistir aos vídeos de Franca e tenho certeza que vamos fazer uma boa partida e vamos lutar pela vitória", garantiu o ala/armador Zach Graham. 

"A equipe ficou muito perto da vitória. Vejo nosso time crescendo e evoluindo a cada jogo. O time está se empenhando muito para conquistar as vitórias e vamos continuar na nossa busca no trabalho do dia a dia. O grupo ainda tem muito a evoluir e crescer e com certeza vai dar muitas alegrias para os torcedores brasilienses. Nossa equipe não fez um jogo ruim, todo o mérito da vitória foi do Bauru", ponderou o técnico André Germano. 

Amargando a penúltima posição na classificação, o Universo/Caixa/Brasília voltará à quadra em busca da recuperação na próxima sexta-feira (02/11). Agora, a franquia da capital federal receberá o Franca, às 19h15, também no Ginásio da ASCEB. Os ingressos para a partida já estão à venda no site do time e também no portal da Eventim. O jogo também terá transmissão ao vivo através do Facebook oficial do NBB.

*Com informações da assessoria de imprensa do Universo/Caixa/Brasília

Postar um comentário

0 Comentários