O volante retornará ao Gama para vestir a camisa alviverde pela quarta vez
Foto: Douglas Oliveira/Gama

Por Danilo Queiroz

O guerreiro voltou ao Gama. Foi dessa maneira que a torcida alviverde celebrou o regresso de Tiago Gaúcho ao clube em diversos comentários feitos nas redes sociais mantidas pelo jogador. Na última semana, o volante de 34 anos anunciou seu retorno ao Ninho do Periquito após quase três anos para vestir a camisa gamense pela quarta vez na carreira. Da parte do atleta, campeão candango com o time em 2015, o sentimento de carinho pela agremiação é recíproco. 

Quarto reforço confirmado para a temporada 2019 - o goleiro Bismarck, o zagueiro Lúcio e o atacante Wisman também já estao fechados com o Gama -, o jogador comemorou a possibilidade de vestir novamente a camisa do alviverde em entrevista exclusiva ao Distrito do Esporte. Expectativa pelo título candango para garantir o retorno à Série D do Campeonato Brasileiro e confiança no projeto de remodelagem do clube são os desejos em meio à satisfação do regresso.

"Queria dizer ao torcedor gamense que estou muito feliz mesmo por retornar ao clube que tenho boas lembranças. É um time que tenho muito carinho e deixei muitos amigos. No momento que me foi feito o convite eu não pensei duas vezes. Estou ansioso para que comece logo a temporada. Fico honrado de ter meu nome novamente no plantel do Gama e espero que possamos ter muito sucesso no ano de 2019", celebrou.

O carinho de Tiago Gaúcho pelo Gama é tanto que nem mesmo os mais de 2 mil km que separam o Distrito Federal do Rio Grande do Sul fizeram o volante deixar de acompanhar o clube a rotina do clube alviverde, onde tem status de ídolo. No futebol gaúcho na últimas duas temporadas, o jogador vestiu as camisas de São Luiz e Pelotas. "Mesmo longe, por gostar do Gama, eu sempre acompanhei os jogos e o que aconteceu dentro e fora da equipe", afirmou.

Tecendo elogios aos torcedores alviverdes, o volante destacou ainda a necessidade do apoio das arquibancadas durante a próxima temporada. "O Gama é diferente dos outros clubes do Distrito Federal por causa do seu torcedor. Ele comprando essa ideia e abraçando o time tem tudo para dar certo. Vai ser formado um grupo de guerreiros, de homens que saberão a responsabilidade de vestir essa camisa", garantiu.

Relação mútua de idolatria: Tiago Gaúcho ganhou bandeira da torcida alviverde
Foto: Reprodução/Facebook/Internet


Destaque ao projeto de renovação alviverde


As conversas para o retorno do volante ao alviverde aconteceram na segunda metade do ano. Segundo Tiago Gaúcho, o projeto de renovação do clube liderado pelo presidente Weber Magalhães e pelo vice-presidente Arilson Machado foram essenciais para a volta. "Conversamos durante muito tempo e as coisas foram acontecendo. A diretoria está com um projeto muito bom, com os pés no chão, que é colocar o Gama brigando por títulos e de volta no cenário nacional", ressaltou.

Além de ter sido campeão local com o Gama em 2015, Tiago Gaúcho se acostumou a jogar finais vestindo alviverde chegando também nas decisões do Candangão de 2011 e da Copa Verde de 2016. O objetivo agora, segundo o volante, é recolocar o clube no caminho da grandeza e dos títulos. "Espero que possamos vir fortes e, acima de tudo, com os pés no chão para fazer frente com um grupo comprometido e com todo mundo pensando em fazer um novo Gama", pediu o volante.