O Pé de Anjo atuará como diretor do Capital na próxima temporada
Foto: Divulgação/Capital
Por Danilo Queiroz

Clube com maior holofote no futebol candango no segundo semestre de 2018, o Capital continua seu planejamento para alçar voos bem altos no Distrito Federal na próxima temporada. Durante a disputa da Segunda Divisão do Campeonato Candango - torneio em que o clube foi campeão -, a Coruja realizou um trabalho consistente, com seu projeto atraindo o atacante Jobson, que voltou ao gramado vestindo a camisa celeste.

De volta à primeira divisão do futebol candango depois de quatro anos longe, o clube se representou para o início da pré-temporada na última terça-feira (27/11). Ao todo, 32 atletas e os seis membros da comissão técnica celeste realizaram o primeiro treino no Clube da Associação dos Servidores da Câmara dos Deputados (Ascade). Entre os destaques do elenco, um nome consagrado da diretoria se destacou: Marcelinho Carioca.

Anunciado na última semana como novo diretor de relações institucionais e coordenador das categorias de base do Capital, o Pé de Anjo esteve presente na Ascade no primeiro evento oficial como membro da diretoria da Coruja. "Brasília é a capital do nosso país, mas precisa ser a do futebol também. O Capital Clube de Futebol vai fazer história não só aqui, mas no cenário brasileiro", profetizou o Pé de Anjo.



Grande motivador
Logo em seu primeiro contato oficial com o elenco, Marcelinho Carioca já demonstrou sua forte capacidade de motivação do grupo. Durante seu discurso na apresentação dos jogadores para a pré-temporada, o Pé de Anjo fez questão de destacar a vontade que viu nos olhos de cada um dos atletas e membros da comissão técnica.

"Estou feliz de poder ver que esta estampado no olho de cada atleta o semblante de vencedor e de querer algo a mais. A cada dia vocês irão escrever os seus sonhos, pois você é o que pensa e profere. Já começamos a fazer a diferença hoje para no final dar a volta olímpica todo mundo junto", bradou o dirigente, sendo aplaudido em seguida.

Experiência em grandes clubes do Brasil
Nas primeiras entrevistas como novo diretor de relações institucionais e coordenador das categorias de base do Capital, o Pé de Anjo deixou claro um dos seus objetivos à frente dos cargos: agregar sua experiência para o crescimento da equipe no futebol do Distrito Federal e, futuramente, em abrangência nacional.

Durante a carreira como jogador, Marcelinho vestiu camisas de grandes clubes brasileiros, como Flamengo, Corinthians, Santos e Vasco, de fora do país, como Valência (ESP) e Gamba Ozada (JAP), e passou ainda pelo futebol do DF atuando no Brasiliense. Agora, buscará aplicar o que viu no projeto do clube celeste.

Espelho para o jovem elenco
Desde que chegou ao Capital, Marcelinho Carioca foi bastante assediado pelos jogadores que irão vestir a camisa da Coruja em 2019. Referência no meio do futebol, o Pé de Anjo foi bastante solicitado para fotos e conversas, mostrando que pode ser uma grande referência para o jovem elenco, que tem média de idade de pouco mais de 23 anos.

O jovem técnico Hugo Almeida, de apenas 24 anos, também terá no dia-a-dia uma referência para poder continuar obtendo aprendizado e crescendo de status em sua já vitoriosa carreira, embora curta. Com isso, Marcelinho Carioca poderá servir de espelho para a ascensão de todos os setores do clube celeste, da diretoria até o elenco.

Oportunidade de nacionalização da marca
Com pouco mais de 13 anos de história, o Capital está vivendo, provavelmente, o momento de maior visibilidade no futebol candango. Agora, o objetivo do clube celeste é se tornar conhecido no cenário nacional. Além de conquistas, o caminho passa por Marcelinho Carioca. No convite, Godofredo Gonçalves ressaltou que precisava dele para "fortalecer a imagem do clube".

Ídolo do Corinthians, o Pé de Anjo virou pauta em diversos veículos de mídia com abrangência nacional depois de acertar integrar a direção da Coruja. Consequentemente, o nome do clube embarcou na onda, tendo sua recente história vitoriosa apresentada nos mais diversos cantos do Brasil. 

Alma e espírito de campeão
Muiticampeão por onde passou, Marcelinho Carioca sabe bem os caminhos para ajudar o Capital a alcançar seus objetivos na próximo temporada. Ao todo, o novo dirigente celeste tem em seu currículo de jogador três Campeonatos Brasileiros, duas Copas do Brasil, um Mundial de Clubes e oito conquistas estaduais.

Uma das taças do Pé de Anjo é a principal cobiça da Coruja para 2019. Em 2005, Marcelinho Carioca foi campeão do Campeonato Candango com a camisa do Brasiliense, quando foi titular na vitoriosa campanha amarela. Para os superticiosos, o título local do ex-atleta foi conquistado, coincidentemente, no mesmo ano de fundação do Capital.