Lorran está próximo de acerto com São Carlos Futebol Clube

Foto: Mayara Alves/Distrito do Esporte


Por João Marcelo

Velocidade, habilidade e uma finalização impressionante. Essas são as características de Lorran, destaque do Samambaia pelo Campeonato Brasiliense de Juniores 2018. O bom desempenho no Candanguinho gerou interesse dos dirigentes da Associação Atlética Batel, equipe sexagenária do Paraná. Logo após a curta passagem pelo sul do país, retorna ao Distrito Federal, desta vez para atuar pelos profissionais no Botafogo-DF, em decorrência da Segunda Divisão do estadual local. O jovem atacante continua seu tour pelo país e está próximo de acerto com São Carlos, equipe paulista que disputará a série A3 em 2019.

O campeonato de futebol júnior mais importante do Distrito Federal começou de forma gloriosa para Lorran. Sua equipe, Samambaia, entrou no chamado "grupo da morte" ao lado de Capital, Ceilândia, Cruzeiro, Gama e Real. O time começou bem, com gols do jovem atacante. Porém, a dificuldade em sua chave, deixou o clube na quarta posição, fora da fase final. Nada que abalasse a boa campanha do "garoto prodígio", foram cinco gols em quatro jogos.

Passagem curta no Paraná e volta ao Distrito Federal


O bom campeonato feito pela cobra-cipó chamou a atenção de dirigentes do Batel, clube paranaense que disputava o Campeonato Paranaense de Futebol Sub19. Em seu início nos treinamentos com seus novos companheiros, se destacava com suas características que faziam os olhos dos representantes da equipe brilharem. A certeza de sucesso era grande, mas um entrave levou tudo água abaixo.

A expectativa pelos bons jogos do atacante não foram concretizadas por conta de documentação. A demora em regularizar o atacante gerou desconforto e o Lobo Paranaense viu seu promissor talento se transferir novamente para o Distrito Federal, desta vez para o Botafogo-DF. O clube alvinegro tinha dificuldades em seu poder ofensivo e depositou as esperanças em Lorran. Sua contratação foi comemorada entre a diretoria do clube, visto que o time a qual havia acabado de chegar, jogou o mesmo campeonato júnior e sabiam de suas qualidades.

O veloz artilheiro fez bons jogos pelo seu novo clube, porém suas atuações não foram suficientes para levar sua equipe à semifinal. A classificação era tido como complicada, pois quando Lorran chegou, o time já havia disputado três dos cinco jogos da primeira fase e se encontrava em uma situação delicada na tabela. Novamente suas atuações foram visadas por outros clubes e o cobiçado atacante desperta o interesse da equipe de São Paulo.

Esperança de gols


Lorran planeja seu acerto, junto ao São Carlos Futebol Clube, com esperança de manter sua boa média de gols e se destacar na série A3 do Paulistão. A sua provável equipe chegou às quartas, sendo eliminada pela Portuguesa Santista, que viria a ser vice-campeã e assegurado uma das duas vagas ao acesso. A esperança da diretoria é que em 2019 a história seja diferente, conquistar a tão sonhada promoção à série A2 pela Águia da Central, campeonato que não disputa desde 2013.

À equipe do Distrito do Esporte, Lorran mostrou otimismo com o acerto. "Tenho um pressentimento que lá (São Carlos FC) eu possa dar o melhor de mim e me destacar para ser visto por grandes clubes do Brasil. E que se Deus quiser, conquistar o acesso e ganhar visibilidade na minha carreira", pontuou o jovem jogador.

Procurada pela reportagem do Distrito do Esporte, a assessoria de imprensa do São Carlos FC não confirmou a contratação. "Ocorreu hoje o Conselho Técnico do Campeonato Paulista da Série A3 e a partir de agora a diretoria começa a fazer o planejamento da competição. Como já estão vendo alguns nomes, pode ser que haja o interesse nesse atleta, porém, não existe nada oficial por parte do clube", finalizou.