Com golaço pelo Capital, Paulinho é o vencedor do Prêmio Dimba 2018

Com 648 votos, o volante foi o autor do gol mais bonito do ano e recebeu o troféu em evento na Galeteria Beira-Lago
Foto: Edilson Carlos/DF Sports
Após 15 dias de competição, o público brasiliense finalmente conheceu o autor do gol mais bonito da temporada profissional do Distrito Federal. Com a vitória de Paulinho, do Capital, o Distrito do Esporte encerrou primeira edição do Prêmio Dimba na noite da última segunda-feira (15/10) durante o programa Resenha F.C., do portal DF Sports, parceiro na empreitada. O jogador recebeu que celebra a conquista diretamente das mãos de Dimba.

Com as presenças dos jornalistas Danilo Queiroz, João Marcelo, Haland Guilarde, Marcelo Gonçalo e Pedro Breganholi, além dos jogadores Dimba e Paulinho, o público foi brindado com uma bela roda de debate sobre o desdobramento do prêmio, que ocorreu em duas etapas de votação: na primeira, dez jogadores concorreram para ser um dos três finalistas da competição; já na segunda fase Davi, do Paracatu, Maiqui, do Bolamense, e Paulinho, do Capital, disputaram a preferência do público.

Em sua apresentação, o atacante Dimba agradeceu a homenagem e elogiou a iniciativa. "É uma forma de presentear nossos atletas. Poucos são homenageados e temos um dos melhores campeonatos do Brasil", disse o jogador, que marcou 813 durante seus 25 anos de carreira. "Nunca gostei de fazer poucos gols", brincou. "Mas quem é o homenageado? Ele ou nós de termos a honra de ter o nome dele no nosso prêmio?", pontuou Breganholi.

Devido à logística, Davi e Maiqui não puderam comparecer presencialmente no evento. Já Paulinho esteve na mesa e se disse lisonjeado de concorrer ao Prêmio Dimba e elogiou os concorrentes. "O gol do Maiqui foi um dos que eu achei mais bonito e sabia que ele ia concorrer comigo até o final", apontou o atleta, que jogará no Brasiliense na temporada 2019. "Fico muito feliz com a oportunidade e por terem acreditado no meu trabalho", agradeceu.

Paulinho ainda teve a oportunidade de receber conselhos e dicas de Dimba, que jogou no clube amarelo entre 2007 e 2008. "É um time que não tem pressão externa, mas a interna é complicada. Você é novo, tem uma personalidade boa", elogiou o artilheiro, que ainda contou histórias da sua carreira durante o programa. "O meu primeiro gol pelo Sobradinho foi o mais importante e o gol pelo Botafogo na final de 97 como o Vasco o mais memorável", relembrou.

Ao fim do programa, também coube ao artilheiro fazer a mais esperada revelação da noite: o vencedor do Prêmio Dimba. Inicialmente, foi anunciado que Davi ficou em terceiro lugar com 303 votos (20.3%). Antes de anunciar, o vencedor, Dimba mais uma vez enalteceu a iniciativa. "Onde eu andava na rua todo mundo comentava. Os idealizadores estão de parabéns. Eu e meus filhos vibramos quando ficamos sabendo. Considero como um prêmio e espero que o vencedor guarde com carinho".

Com 648 votos, Paulinho é anunciado como vencedor


"O vencedor do gol mais bonito foi... estou tremendo", brincou Dimba. "Se você está tremendo imagine eu", emendou Paulinho. O artilheiro, enfim, anunciou o grande vencedor. "O gol mais bonito do Distrito Federal... o cara ia gostar muito de estar aqui para receber do meu lado. Mas como ele está a alguns metros de distância, o vencedor é Paulinho", concluiu, para aplausos dos presentes em toda a Galeteria Beira-Lago.

Ao entregar o troféu, Dimba parabenizou o autor do gol mais belo do ano. "Você é um cara merecedor e se superou. Fez um gol que eu não fiz. Torço muito por você", disse, antes de dar mais um conselho a Paulinho. "Tenta se fixar no Brasiliense. Não fique marcado por pular de clube em clube. Se dedique ao máximo para conseguir seu espaço e sair valorizado. Espero que você consiga se realizar dentro da profissão", disse.

Paulinho compareceu ao Resenha F.C. onde recebeu a notícia de que era o vencedor do Prêmio Dimba
Foto: Danilo Queiroz/Distrito do Esporte
Já com o troféu do Prêmio Dimba nas mãos, Paulinho também fez seus agradecimentos. "Fico sem palavras. Quero agradecer a todo mundo aqui. Sei da importância desse prêmio. É uma visibilidade grande para o atleta que está começando agora. Agradeço a quem dedicou um pouco do tempo para votar e mim e agradeço também a toda minha família que veio também", agradeceu ao jogador, recebendo abraços dos familiares que estavam presentes.

Para encerrar, todos exaltaram a parceria entre Distrito do Esporte e DF Sports e o sucesso do prêmio. "O esporte do Distrito Federal necessita muito da gente e do nosso papel. A gente estar junto nessa caminhada sempre", pediu Haland. Danilo também disse estar feliz pela iniciativa. "O Dimba e o DF Sports deram a credibilidade que possuem para acrescentar. Foi um prazer muito grande fazer esse projeto com todos esses amigos", agradeceu.

Reveja a íntegra do Resenha F.C. especial Prêmio Dimba


Postar um comentário

0 Comentários