Vencer, vencer, vencer: pequena rubro-negra se apega ao clube para lutar pela vida

Isabela tem o amor pelo Flamengo como força para continuar lutando

Foto: Acervo Pessoal/Família Isabela


Por João Marcelo

Cinco anos de muita luta e amor ao seu time de coração. Esse poderia ser o resumo da vida de Isabela. A menininha alegre veio ao mundo antes do tempo natural e apresentando alguns problemas de saúde. Diversas idas aos médicos, exames e diagnósticos eram rotineiros para a Belinha, como é chamada pelo seus pais, Héliton Bríglia e Aline Zangrande. Porém, a vida com obstáculos é esquecida quando a pequena assiste aos jogos do Flamengo.

Isabela nasceu no fim do outono, em 13 de junho de 2013. E como é característica da estação, ela foi considerada como uma colheita pelos seus pais, marcando a transformação de suas vidas. O nascimento prematuro foi sua primeira batalha superada. Logo após, foi diagnosticada com catarata congênita e com apenas 5 meses de vida as operações faziam parte da sua vida. Mais uma vez, a sua força supera os problemas. Mas, pouco tempo depois da operação, foi atormentada por crises convulsivas e teve que ser internada, para que se descobrissem o motivo para este mal. O diagnóstico não foi conclusivo e as convulsões deixaram graves sequelas motoras.

Consequências dos problemas de saúde


Mesmo bem nova, Belinha lutava com todas as suas forças. Entretanto, as graves crises convulsivas que sofria, deixou efeitos fortes: não andar e não falar. As graves sequelas não fizeram a pequena e nem seus pais desistirem. Procuras por tratamentos como fisioterapia, fonoaudiologia, terapia ocupacional e outros, foram as opções para a cura de Isabela. 

Uma solução para melhorar seus movimentos era o Cuevas Medek Exercises, tratamento criado pelo fisioterapeuta chileno Ramón Cuevas e que auxilia no desenvolvimento motor de seus pacientes. O recurso terapêutico está sendo utilizado pela Isabela, de forma intensiva em São Paulo e no Chile. A expectativa é que o processo possa ser feito no Distrito Federal, local onde vive a família de Belinha, o que diminuiria os custos com todo o método.

E todos podem contribuir com a pequena Isabela, basta clicar aqui e você será redirecionado ao site da Vakinha. A família pretende arrecadar um valor de R$ 35.000,00, que custearia todo o tratamento. Até a última parcial, R$ 8.295,00 já havia sido contribuido, o que constituí 23,7% do valor total. 

Paixão pelo Flamengo


Apesar dos inúmeros problemas que passa por sua vida, Isabela tem uma paixão arrebatadora pelo Flamengo. O sentimento pelo rubro-negro é demonstrado através de gestos e sorrisos, e a pequena torcedora não perde nenhum jogo de seu time. Com o jogo entre Vasco x Flamengo programado para sábado (15/09) no estádio Mané Garrincha, em Brasília, cresce seu sonho de entrar com os jogadores em campo. A família vive a ansiedade do momento, pois tem a noção do quão importante seria para a evolução de seu tratamento.

O confronto antecessor ao grande clássico que será disputado em solo brasiliense, ocorreu na noite da última quarta (12) contra a equipe do Corinthians, em partida válida pelo jogo de ida da Copa do Brasil. A pequena, claro, acompanhou o jogo entusiasmada com a possibilidade de seu time do coração chegar à final da maior competição mata-mata do país. Em vídeo, enviado pelo seu pai, Héliton Bríglia, a equipe do Distrito do Esporte, Isabela demonstra todo o seu amor pelo Flamengo. Veja abaixo o momento, gravado poucos minutos antes do início da partida.





Postar um comentário

1 Comentários

Comente a notícia