Conheça as propostas esportivas dos candidatos ao governo do Distrito Federal

Tem buritizável prometendo construir novos estádios, reativar o autódromo de Brasília e criar diversos programas no setor
Arte: Danilo Queiroz/Distrito do Esporte

Por Danilo Queiroz

Em um país repleto de problemas sociais, a pauta esportiva nunca foi - nem deve ser, já que existem setores mais urgentes - a prioridade dos candidatos ao Governo do Distrito Federal (GDF). Porém, é importante que cada um dos concorrentes ao Palácio do Buriti exponham suas propostas para a evolução da prática esportiva das cidades locais. Para facilitar a vida do eleitor esportista, o Distrito do Esporte copilou o que cada um dos buritizáveis propôs para a área.

Ao todo, dez candidatos disputarão nas urnas o cargo de governador pelos próximos quatro anos: Alberto Fraga (DEM), Alexandre Guerra (Novo), Eliana Pedrosa (Pros), Fátima Sousa (PSOL), General Paulo Chagas (PRP), Antonio Guillen (PSTU), Ibaneis Rocha (MDB), Júlio Miragaya (PT), Rodrigo Rollemberg (PSB) e Rogério Rosso (PSD) disputam a preferência dos eleitores. A candidatura de Renan Rosa (PCO) foi indeferida e aguarda julgamento de recurso.

Para levantar as principais propostas dos buritizáveis, o Distrito do Esporte utilizou como base os planos de governo apresentados por cada uma das candidaturas e disponíveis para consulta pública no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Além disso, o portal também levou em consideração as promessas feitas pelos políticos em entrevistas, sabatinas e debates realizados durante a campanha eleitoral. 

Veja os principais pontos do esporte de cada um dos candidatos ao GDF:


Alberto Fraga
Em seu programa governamental, o candidato democrata apresenta 28 propostas para o esporte e um tópico específico intitulado "Esporte e Lazer". Entre as principais medidas do candidato, estão a criação do programa Bolsa Atleta Olímpica e Paralímpica, a vinculação de 1% do orçamento do Distrito Federal para investimento em esportes e a conclusão das Vilas Olímpicas das cidades. Ele ainda planeja a implantação de uma Loteria Distrital.

Alexandre Guerra
O candidato traz alguns projetos esportivos no seu programa. A abertura das escolas públicas para práticas esportivas nos finais de semana é, provavelmente, a ação mais importante do político. Ele também quer reorganizar a Secretaria de Esportes e detectar e desenvolver o talento de novos jovens nas mais diversas modalidades.

Eliana Pedrosa
Líder nas pesquisas ao Buriti, a candidata do Pros também tem um espaço específico no seu plano de governo. A proposta mais polêmica é a construção de novos estádios em Santa Maria e no Recanto das Emas e reformar os já existentes.  Além disso, Eliana propõe fomentar esportes amadores nas Regiões Administrativas, Reativar o Programa Ginástica nas Quadras, aumentar os patrocínios em torneios e campeonatos locais e construir complexos esportivos em diversas cidades.

Fátima Sousa
Também com capítulo específico, a candidata propõe mais de 20 ações voltadas ao esporte. As principais são criar um programa de fabricação de equipamentos e materiais esportivos, incluir a temática esporte e lazer no orçamento participativo, criar programas para a área, como um que teria oficinas de diversos esportes e a revitalização do Eixão do Lazer, tradicional ação que destina o espaço para práticas esportivas nos fins de semana.

General Paulo Chagas
Sem tópico específico para esportes, o candidato apresenta alguns projetos no decorrer do seu plano de governo. As medidas mais importantes propostas são a revitalização das instalações desportivas comunitárias com ênfase nas comunidades carentes e estimular competições esportivas por meio de Parcerias Público-Privadas (PPP).

Antonio Guillen
O buritizável do PSTU também disserta sobre a área em um tópico próprio no projeto de governo. As principais propostas são a ampliação do programa Bolsa Atleta, a revitalização dos complexos esportivos das escolas do DF, a inclusão de capoeira nas escolas e espaços públicos, reformas o centro olímpico da Universidade de Brasília (UnB) e organizar um calendário de competições esportivas destinadas a fortalecer o esporte amador local.

Ibaneis Rocha
O emedebista propõem 14 ações em um tópico específico do programa governamental. A implantação do programa Amigos da Gente nas cidades, incentivando a formação de atletas de futebol, o incentivo à prática de esportes não-poluentes no Lago Paranoá, reativar o programa Esporte à Meia-Noite e implementar o Campeonato de Futebol Amador Rural são as ações prometidas por Ibaneis.

Julio Miragaya
O petista não tem tópico destinado aos esportes no plano de governo e listou apenas duas ações no projeto ao GDF: criar políticas de formação e estímulo às práticas esportivas através da realização de torneios LGBT e equipar os centros Olímpicos existentes no DF para 22 modalidades esportivas.

Rodrigo Rollemberg
O candidato à reeleição também possui um tópico específico intitulado "Esporte e Lazer", prometendo recuperar o autódromo de Brasília, a construção de um ginásio esportivo no Gama, de centros de iniciação esportiva em diversas cidades do DF, implantar o chamado ArenaPlex, que seria o Centro Esportivo de Brasília envolvendo equipamentos como o Estádio Mané Garrincha e o Ginásio Nilson Nelson, construir campos de grama sintética nas cidades e entregar o Complexo Esportivo do Guará à iniciativa privada através de PPP.

Rogério Rosso
O ex-governador interino do DF apresentou apenas uma proposta sobre esportes em 12 páginas de programa de governo: revitalizar, de maneira completa, as praças esportivas, estádios e centros olímpicos do Distrito Federal.

Qual candidato apresentou as melhores propostas?



Postar um comentário

1 Comentários

  1. A dona do volei não fez nada pelo futebol profissional do DF. E agora você que ama o nosso futebol fara alguma coisa por ela nessa eleições?

    ResponderExcluir

Comente a notícia