História de Craque: conheça a trajetória de Kaio Nunes, o menino prodígio do futebol candango

Destaque do Brasil de Pelotas na Série B do Brasileirão, o meia-atacante brasiliense mantém o sonho de brilhar fora do país
Foto: Reprodução
Por Craques do Candangão

No futebol brasileiro, é comum saírem bons jogadores das categorias de base todos os anos. Em Brasília não é diferente. Kaio Nunes Ferreira, garoto de 22 anos, nascido aqui mesmo no Distrito Federal, morador de Ceilândia, iniciou seus primeiros passos no futsal em jogos escolares. 

Foi aí que começou a brilhar a estrela da jovem promessa do Real. "Comecei a aparecer aos 10 anos no futsal da escola. Após um tempo, fui para as categorias de base do Brasília, onde joguei a Copinha" lembrou. Kaio também rememorou momentos difíceis dentro do esporte. “Tive muitas dificuldades no início. Por ser de uma família de classe média-baixa, não tinha dinheiro para ir aos treinos… fora outras dificuldades que só o futebol traz." comentou.

O atleta fez sua estreia como profissional aos 17 anos pelo Brasília, clube onde o garoto era destaque nas categorias de base. Em 2016, empresário Luís Felipe Belmonte deixou o futebol do Colorado candango e adquiriu o Dom Pedro, que posteriormente se transformou no Real FC. Com isso, boa parte do elenco do Brasília foi para o Leão do Planalto. Após assinar seu vínculo com o novo clube da cidade, Kaio foi emprestado ao Goianésia-GO.

No Campeonato Candango de 2017, o meia-atacante foi mostrando toda sua audácia frente aos adversários e toda a sua habilidade. Foi eleito pela página Craques do Candangão como o jogador Revelação da competição local daquele ano. Naquela oportunidade, estreante Real chegou às quartas-de-final, sendo eliminado pelo Brasiliense, que viria a ser o campeão da temporada.

No Candangão 2018, Kaio foi um dos grandes nomes da equipe, aquele que poderia desequilibrar dentro de campo. Na estreia do Real, o meia-atacante deu uma aula de futebol para o atual campeão Brasiliense, impondo muita velocidade e dribles fantásticos nos jogadores rivais. 

Ao falar sobre o desempenho na temporada 2018, o atleta afirmou que realizou sua grande temporada com a camisa do Real. "Graças a Deus consegui fazer uma boa temporada, porém, algumas lesões me atrapalharam ao longo do Campeonato Candango. Se não fossem essas pequenas lesões, poderia ter sido uma temporada perfeita", lamentou o jogador.

Após o torneio local, Kaio foi emprestado pelo Real ao Brasil de Pelotas-RS para a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro, onde o atleta vem jogando muito bem e tendo uma visibilidade enorme. Sobre seu desempenho no clube gaúcho, o atleta diz que espera melhorar a cada dia e busca ajudar a equipe a se manter na segunda divisão nacional em 2019.

"Primeiro de tudo está sendo uma oportunidade única na minha vida, onde estou me dedicando muito e estou conseguindo me sair muito bem, graças a Deus. Espero poder ajudar a equipe mais ainda na Série B", completou Kaio, que entrou em campo com a camisa do Xavante em 19 oportunidades e deu três assistências para gol de seus companheiros de time.

O jovem atleta brasiliense espera mais e visa novas oportunidades no futebol, alimentando o desejo de atuar no futebol do exterior em um futuro próximo.  "Meu maior objetivo é me manter jogando em alto nível, jogar em um grande do Brasil e realizar meu sonho de criança, que é atuar fora do Brasil. Pretendo ter uma carreira de sucesso", finalizou recheado de esperança.

Kaio Nunes pode ser considerado como uma das grande revelações do futebol brasiliense nos últimos anos, e não só pelo desempenho no Brasil de Pelotas, clube de nível nacional, mas também por não se intimidar frente aos adversários que tem pela frente. O jovem carrega o peso de uma capital de pouca força no cenário esportivo nacional, mas vem driblando isso muito bem, dentro e fora de campo, mostrando ao Brasil inteiro seu enorme potencial.


Postar um comentário

0 Comentários