Sonho mais próximo: Quatro clubes disputam duas vagas para a Copa SP de 2019



Por João Marcelo

Oito equipes, quatro vagas. Era esse o panorama das quartas do Candanguinho 2018. A segunda fase do campeonato júnior do Distrito Federal prometia emoções e jogos bem equilibrados. Expectativa que se tornou realidade com jogos sendo decisivos por pênaltis perdidos, saldo de gols bem próximos e um jogo destoando do equilíbrio. No fim das oito partidas, quatro equipes ainda se mantém vivas no sonho de ir à São Paulo representar o DF na competição de maior visibilidade do país.

O Legião manteve o esperado e eliminou o Botafogo-DF, a equipe comandada por Marquinhos Carioca aplicou duas goleadas, 5 a 2 e 4 a 0. Vindo de uma primeira fase com um aproveitamento de 86,6%, o líder geral tinha a vantagem de jogar por dois resultados iguais. Mas não foi preciso jogar com o regulamento debaixo do braço e deixou qualquer suspeita de lado com duas vitórias fáceis. Resultados surpreendentes, pois o Botafogo-DF estava no mesmo grupo que o Legião e foi um jogo bem equilibrado. O Glorioso do Cerrado chegou a abrir o placar e tomou a virada, 2 a 1 para o Legião. Agora o Leão enfrenta o atual detentor do título, o Real.

A equipe com a segunda melhor foi o Formosa. Por conta do regulamento, o seu adversário foi o seu algoz na primeira fase, o Santa Maria. Nas quartas, primeiro jogo empate por zero a zero. Na partida de volta, uma vitória por 2 a 0 e classificação para a semi garantida. Resultado que poderia ter sido diferente, se não fossem os dois pênaltis perdidos pelo adversário, um em cada jogo. O Santa Maria, que havia sido a única equipe a vencer o Formosa, não conseguiu o mesmo êxito nas quartas e deu adeus à competição. O Formosa enfrentará o Ceilândia, confronto entre o segundo e terceiro melhores colocados na primeira fase.

Líder no grupo da morte, o Ceilândia chegou com muita moral para as quartas. Além da liderança no grupo, ficou como terceiro melhor colocado geral da competição. Com isso, foi definido que seu adversário nas quartas seria o Luziânia, que passou em segundo lugar no grupo C. Com uma defesa forte, que havia sofrido apenas um gol na primeira fase, era só o Ceilândia manter o poder defensivo que passaria de fase. Assim o fez, levando apenas um gol e fazendo cinco (dois no primeiro e três no segundo), despachou a equipe goiana e também se garantiu na semifinal do Candanguinho 2018. O Gato Preto tem como concorrente a uma vaga na Copa São Paulo de 2019 o Formosa.

Também componente do grupo da morte, O Real passou como segundo melhor segundo colocado da competição. O adversário foi o Paracatu, que tinha o melhor ataque da competição com 15 gols. Mas o Leão soube segurar bem o poderio ofensivo do rival com um setor defensivo seguro. A defesa era a segunda melhor do campeonato, junto com o Formosa e ambas só haviam levado dois gols. No jogo de ida começou tomando susto e vendo o placar parcial apontando um a zero para o Paracatu, mas soube manter a calma e virar. A partida de volta tomou o início da de ida com o time mineiro abrindo placar, mas o Real conseguiu o empate e a vaga para a semi. O atual campeão do Candanguinho disputa uma vaga na Copa SP contra o Legião.

Como definido em regulamento, os jogos da semifinal serão: Legião x Real e Formosa x Ceilândia, com Legião e Formosa fazendo os jogos de volta em casa. As partidas ocorrerão nos próximos dois fim de semana em dias, locais e horários a serem definidos pela Federação de Futebol do Distrito Federal. As duas equipes que passarem da semi, garantem as duas vagas na Copa São Paulo de Futebol Júnior que o Distrito Federal tem direito. E para você torcedor, que representará o DF na competição de futebol júnior do Brasil?

Postar um comentário

0 Comentários