Gato Preto ou Igreja: Luziânia precisa afastar o "azar" para ir à semi e passar do Ceilândia


Por João Marcelo

As emoções continuam no Candanguinho 2018. Nesse fim de semana ocorreram os quatro jogos de ida das quartas de final da competição e um jogo que chamava a atenção era Luziânia x Ceilândia. A equipe de Goiás compôs o grupo C com três vitórias, um empate e uma derrota, terminando na segunda colocação da chave e como sexto colocado geral. Já o time alvinegro estava no temido “grupo da morte” e passou bem, como líder do grupo e terceiro geral. E no duelo de ida entre goianos e brasilienses, a equipe do Distrito Federal levou a melhor.

O resultado não foi o que a equipe do Luziânia esperava, a derrota por 2 a 0 para o Gato Preto dentro de casa dificultou uma classificação à semifinal. Mas apesar do resultado adverso, a equipe de Luziânia continua com esperança de um placar mais favorável. “Foi um jogo duro, infelizmente não saímos com a vitória. Mas essa semana estamos trabalhando duro para que possamos reverter esse placar”, disse o atacante Kempes a equipe do Distrito do Esporte. O jovem jogador ainda usou a religião, que combina muito com o símbolo da equipe, a Igreja, para manter o otimismo: “Assim como diz a Palavra de Deus: “Nada é impossível para aquele que crê”. Por isso eu confio na classificação do meu time”, completou Kempes.

Kempes espera reveter a situação do clube.
Foto: Arquivo Pessoal/Kempes

Já pelo lado do Ceilândia, o meia Caio César conversou com a equipe sobre a partida e pediu atenção à equipe para o próximo confronto. “O jogo contra o Luziânia foi bem produtivo, porém difícil. A equipe deles é bem treinada e qualificada, jogamos fora de casa e conseguimos um bom resultado. Mas não tem nada definido, temos que nos doar para avançar para a semifinal”, pontuou a promessa do Gato Preto. Mesmo com um bom resultado feito como visitante, o jogador e sua equipe sabem da dificuldade que terão no próximo jogo. Caio lembrou que o time precisa de humildade para garantir a vaga: “Vamos administrar da melhor forma possível, temos que manter a tranquilidade para fazer um bom futebol e sairmos vitoriosos”, finalizou o meia do Gato Preto.

Caio César (uniforme branco) corre com sua equipe para à semifinal.
Foto: Arquivo Pessoal/Caio César



A partida decisiva entre as equipes será no próximo sábado (7) às 15:30 no estádio Abadião. O mandante, Ceilândia, pode até perder por dois gols de diferença que garante a classificação. A equipe goiana necessita fazer três gols ou mais de diferença para tirar a vaga que está no colo dos brasilienses. O regulamento da competição garante a equipe com melhor campanha no confronto jogar por dois resultados iguais, como o Ceilândia fez uma campanha melhor que o Luziânia, o beneficiado da partida é o Gato Preto. E para você torcedor, quem passa no confronto: o motivado Ceilândia ou o esperançoso Luziânia?

Postar um comentário

0 Comentários