Clássico Nacional volta a Brasília após cinco anos. Em 2013, jogo ficou marcado por briga generalizada
 Foto: Rafael Ribeiro/CBF
O Estádio Nacional Mané Garrincha já tem data e hora para voltar a receber uma partida válida pela Série A do Campeonato Brasileiro. Após receber o duelo entre Flamengo e Fluminense pela 7ª rodada da principal competição do futebol nacional em 07 de junho, a arena brasiliense será palco do jogo entre Vasco e Corinthians, pela 16ª rodada do Brasileirão. O jogo está marcado para 11h de 29 de julho, um domingo.

Nesta quarta-feira (11/07), a Diretoria de Competições da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) confirmou o local do duelo, que terá mando de campo do cruzmaltino. O clube carioca foi o solicitante da mudança para Brasília e tanto CBF quanto o Corinthians não se opuseram ao pedido. Inicialmente, a partida estava agendada para 28 de julho, às 19h e seria jogada em São Januário.

Está será a segunda vez que Vasco e Corinthians disputam o clássico nacional em Brasília desde a reinauguração do Mané Garrincha. O primeiro jogo entre as equipes no Distrito Federal aconteceu em 25 de agosto de 2013, quando o placar ficou em 1×1, gols de André, para os cariocas, e Guerrero, para os paulistas. O destaque negativo do confronto ficou para a briga generalizada entre as duas torcidas nas arquibancadas da arena da Copa do Mundo de 2014.



Em 2013, os torcedores tiveram lugares marcados nas arquibancadas como teste para o Mundial. Ao todo, 21.627 torcedores compareceram à partida entre as duas equipes. Na época, a renda do jogo ficou em R$ 2.070.800. Os bilhetes foram comercializados com valores entre R$ 80,00 e R$ 150,00, sendo estes preços de meia-entrada. A carga disponível era de 63 mil entradas.

Os preços e locais de venda de ingressos para o clássico nacional do dia 27 serão divulgadas nos próximos dias. No Fla x Flu de junho, mais de 60 mil torcedores compareceram ao Mané Garrincha. Na ocasião, os bilhetes foram vendidos com valores entre R$ 50 e R$ 70 (valores de meia-entrada). O clássico carioca marcou a volta da competição nacional para Brasília, que não recebia um jogo da Série A desde agosto de 2016.