A garotada dos clubes do Distrito Federal fez bonito e balançou as redes 36 vezes em nove jogos

Por João Marcelo

Jogos disputados, com muitos gols e mudanças na tabela. Foi assim o resumo da segunda rodada do Candanguinho 2018. Com incríveis 36 gols em nove partidas, a média foi o dobro da rodada passada, que teve apenas 18. A chuva de bolas dentro das redes fez mudar a classificação dos grupos, deixando alguns mais tranquilos e outros em total desespero.

GRUPO A

O primeiro embate do grupo ocorreu entre os dois últimos colocados da chave, Ceilandense e Bolamense. Melhor para o time de Ceilândia que aplicou uma goleada de 6x1 sobre a equipe de Samambaia e pulou do 5° para o 3° lugar do grupo. O segundo jogo foi do líder do grupo, o Legião. O Leão enfrentou o Botafogo-DF em um partida muito equilibrada. O visitante saiu na frente com gol do zagueiro Manga e terminou o primeiro tempo vencendo.

Na volta do intervalo pressão do time da casa, que conseguiu o empate aos 21 e a virada quatro minutos depois. Com o placar favorável, deu liberdade ao Glorioso do Cerrado, que por pouco não empatou a partida. Destaque para o último lance, onde após bate e rebate dentro da zaga do Legião, a bola sobra para o zagueiro Manga que cabeceia e se desespera ao ver Matheus tirar em cima da linha. No último jogo, o Planaltina recebeu o Paracatu no Campo dos Bakanas e empatou em 2 a 2. Com esses resultados a liderança do grupo continua com o Legião, seguidos de Paracatu, Ceilandense, Botafogo-DF, Planaltina e o lanterna Bolamense.

Legião vence Botafogo-DF no campo do PADF e continua líder.
Foto: Simone Monteiro


GRUPO B

O temido grupo da morte do Candanguinho começou sua segunda rodada no sábado com a partida entre Samambaia e Capital. A Cobra-Cipó, do artilheiro Lorran, fez uma excelente partida e conquistou sua segunda vitória na competição. Venceu o Capital por 5 a 1 e se consolidou como líder da chave. No domingo às 15:30 a bola rolou para Cruzeiro e Gama, o Carcará do Cerrado não conseguiu fazer valer o mando de campo e perdeu por 2 a 1 para a equipe gamense.

O vice-campeão de 2017 soma apenas um ponto no campeonato e liga o alerta. Já o verdão subiu para o terceiro lugar. No mesmo horário, aconteceu o jogo entre Ceilândia e Real. O campeão de 2017 precisava da vitória, pois havia somado apenas um ponto na primeira rodada. O confronto era difícil, jogo contra o vice-líder do grupo. Mas o Leão superou o Gato Preto e assumiu a vice-liderança do grupo. A complicada chave tem o Samambaia ainda líder e logo após, Real, Gama, Ceilândia, Cruzeiro e o desesperado Capital.

Samambaia segue com boa fase na competição.
Foto: Mayara Alves

GRUPO C

O Formosa continua líder do terceiro grupo. A equipe goiana não tomou conhecimento e aplicou seis gols no CFZ. O placar elástico deixa o clube com a liderança e a melhor classificação dos três grupos. O vice-líder é o Luziânia que venceu o Brasília por 3 a 0 na Serra do Lago. A equipe goiana agora soma quatro pontos. O outro confronto da chave teve, enfim, a estreia do Sobradinho. Após não conseguir inscrever seus jogadores a tempo e perder por W.O., o Leão de Sobradinho mandou o jogo contra o Santa Maria no CT do Jaguar.

A partida terminou 2 a 1 para o visitante e deixou a Igrejinha com a terceira colocação. Assim ficamos com Formosa na liderança, acompanhado por Luziânia, Santa Maria, CFZ-DF e os dois clubes que ainda não somaram pontos, Sobradinho e Brasília.


A terceira rodada da competição acontecerá no sábado (9) e domingo (10). Os jogos têm dias, horários e locais ainda não definidos. Os confrontos serão: 

GRUPO A
Paracatu x Botafogo-DF
Bolamense x Planaltina
Ceilandense x Legião

GRUPO B
Gama x Real
Capital x Cruzeiro
Samambaia x Ceilândia

GRUPO C
Formosa x Brasília
Santa Maria x CFZ-DF
Sobradinho x Luziânia