Em vantagem na Série D, Brasiliense ainda não perdeu por dois ou mais gols de diferença no ano

Apenas derrota por dois ou mais gols elimina o Jacaré de forma direta na Série D; vitória do Sergipe por 1x0 leva duelo aos pênaltis
Foto: Reprodução - Facebook/Brasiliense F.C.
No último sábado, o Brasiliense começou a decidir seu destino na Série D do Campeonato Brasileiro de 2018. Diante do Sergipe, o time amarelo venceu por 2x1 - de virada com gols de Romarinho e Aldo para o Jacaré e William Paulista para os sergipanos - e saiu em vantagem em busca de uma vaga nas oitavas de final do torneio nacional.

Com isso, a equipe do técnico Aílton Ferraz visita o Gipão no próximo sábado (09/06) com a vantagem do empate para se classificar. Qualquer resultado a favor do Sergipe por um gol de diferença leva o jogo para as penalidades máximas. O time alvi-rubro só se classifica de forma direta se vencer o Brasiliense por dois ou mais gols de diferença.

Levando em consideração as estatísticas da atual temporada, o rival do Jacaré tem mais um motivo para se preocupar. Em 27 jogos disputados em 2018, o Brasiliense ainda não saiu de campo derrotado por dois ou mais gols. 

Nas seis vezes que saiu de campo derrotado, o clube de Taguatinga foi superado por apenas um gol. Os adversários que conseguiram arrancar os três pontos do Jacaré foram Real, Luziânia, Ceilândia e Sobradinho, pelo Campeonato Candango, Atlético Itapemirim, pela Copa Verde, e Iporá, pela Série D.

O Brasiliense também costuma dar trabalho quando atua como visitante. Em 12 jogos atuando longe de seus domínios, o Jacaré deixou de balançar as redes em apenas três oportunidades. As primeiras ocorreram no Candangão, nas derrotas para Ceilândia e Luziânia por 1x0. O empate em 0x0 frente ao Corumbaense, já pelo Brasileirão, foi o outro confronto da estatística.

Rival não costuma vencer por placares largos

A estatística também se mostra favorável ao Brasiliense quando são analisados os jogos do Sergipe como mandante na atual temporada. Em 2018, o Gipão entrou em campo na Arena Batistão em 12 oportunidades e conseguiu aplicar dois ou mais gols em apenas duas oportunidades, diante do Boca Junior/AL (3x0) e Amadense (4x1), ambos pelo Campeonato Alagoano.

Para efeito de comparação, o clube sergipano venceu por um placar elástico mais vezes como visitante do que como mandante. Nos 11 jogos disputados pelo time longe de Alagos, foram três vitórias com os números necessários para se classificar no próximo sábado: 3x0 diante do Frei Paulistano e Boca Júnior no estadual e 4x2 no clássico diante do Asa já pela Série D. 

O jogo que decide o classificado para as oitavas de final da Série D do Brasileirão acontece no próximo sábado (09/06), às 16h, na Arena Batistão. Quem avançar do confronto entre Brasiliense e Sergipe enfretará Itabaiana ou Campinense. No primeiro jogo, o time paraibano venceu fora de casa por 1x0 e tem a mesma vantagem do Jacaré na decisão da vaga.

Postar um comentário

0 Comentários