Melhores do Candangão - Craques do Candangão


Com o título do Sobradinho, chegou a hora de eleger os melhores jogadores do ano, que formam a Seleção do Campeonato Candango de 2018. O perfil Craques do Candangão, junto com o Distrito do Esporte, outros membros da imprensa esportiva do Distrito Federal e representantes dos clubes que disputaram o torneio local deste ano, selecionaram os mais regulares de cada posição.

Para o gol, Edmar Sucuri, do Brasiliense, foi eleito com 70% dos votos. O arqueiro do Jacaré venceu os concorrentes Márcio Fernandes, do Luziânia, Wendell, do Ceilândia, e Victor Brasil, do Gama.
Na lateral-direita, Luan, do Sobradinho, levou o prêmio com 65% dos votos. Patrick, do Brasiliense, Dedê, do Real, e Flávio Mineiro, do Paracatu, foram os outros da posição na disputa do prêmio.

Gustavo Rambo, do Sobradinho, Cocada, do Ceilândia, Vitor Hugo, do Real, Wallace e Badhuga, do Ceilândia, Perivaldo, do Luziânia, Lúcio, do Gama e Gil, do Santa Maria, brigaram por duas vagas na zaga. Os dois primeiros foram os eleitos. Na lateral-esquerda, Mário Henrique, do Brasiliense, levou a vaga com 60% dos votos vencendo a concorrência de Elivelto, do Ceilândia, Gérson, do Brasiliense e Zé Wilson, do Paracatu.

Entre os volantes, mais duas vagas: Geovane, do Sobradinho, Aldo, do Brasiliense, Tarta, do Gama, Emerson Martins e Didão, do Ceilândia, Castro Jr., do Luziânia, Baiano, do Real e Radamés, do Brasiliense, foram os concorrentes. As vagas ficaram com Geovane e Aldo.

No meio-campo, China, do Luziânia, Gustavo Gago, do Ceilândia, Filipe Cirne e Souza, ambos do Brasiliense, Robston e Fábio Gama, ambos do Gama, Weslley Brasília, do Formosa e William, do Real, disputavam duas vagas. Melhor para China e Gago, que foram eleitos com a maior quantidade de votos dos responsáveis pela eleição.

Para o ataque, outras duas vagas que ficaram entre Michel Platini e Mirandinha, do Sobradinho, Nunes e Reinaldo, do Brasiliense, Cardoso, do Formosa, Paulo Renê, do Paracatu, Fernandinho, do Gama e Daniel, do Real. Os vencedores foram Platini e Nunes que, inclusive, foram os dois artilheiros do Candangão de 2018. No comando técnico, o eleito foi Victor Santana, treinador do Sobradinho.

Postar um comentário

0 Comentários