Paracatu vence com reservas e afunda Santa Maria na lanterna


Alegria de um lado, desespero do outro. Da parte mineira, comemoração pelo terceiro lugar na tabela do Campeonato Candango 2018. Do lado brasiliense, frustração por se afundar ainda mais na lanterna da competição. E o Paracatu precisou apenas dos reservas para vencer o Santa Maria, no estádio Frei Norberto, por 3x1.

Aos 32 minutos do primeiro tempo, a estrela do artilheiro Paulo Renê brilhou pela sétima vez no Candangão. Daniel Vargas fez cruzamento em cobrança de falta e achou o matador, que testou firme e abriu o placar para os donos da casa: 1x0. 

A segunda etapa começou animadora para os visitantes. Logo aos 4 minutos do segundo tempo, o time ganhou um pênalti após infração cometida pelo zagueiro Breno. Marcelo Passos foi para a bola e não perdoou, decretando a igualdada no marcador.

Na insistência, o Paracatu retomou a frente do placar do jogo. Aos 24 minutos da etapa final, os mandantes foram brindados com um gol curioso. Davi cabeçeou e o goleiro Cesinha deixou a bola passar direto para o gol dos visitantes: 2x1 Paracatu.

Aos 40 minutos, a Águia mineira deu o golpe de misericórdia no mascote homônimo brasiliense. Após jogada pela ponta esquerda do campo, Igor Pato recebeu cruzamento dentro da área e finalizou direto para o gol, enterrando as pretensões do Santa Maria.

Na próxima rodada, o Paracatu jogará mais uma vez em casa. No sábado (24/02), às 16h, o time entrará em campo no Frei Norberto para encarar o vice-líder Gama. Já o Santa Maria continuará a saga para largar a lanterna. O time receberá o Brasiliense, às 15h30 de domingo (25/02), no estádio Bezerrão.

PARACATU 3

Vinícius; Victor Melo, Breno, Humberto e Felipe Lira (Myller); Alisson Guirra, Caio Cabecinha, Daniel Vargas (Igor Pato) e Marquinhos (Davi); Serginho e Paulo Renê.

Técnico: Gauchinho.

SANTA MARIA 1

Cezinha; Amaral, Luan Berny, Edinho e Tita; Juninho (Gustavo), Reis, Thompson e Fernando Veiga (Fábio Silva); Giovanne (Marcelo Passos) e Júnior Bala.

Técnico: Carlos Spinoza.

Postar um comentário

0 Comentários