Já foi: após um jogo, Marquinhos Carioca deixa o comando do Samambaia


Um jogo. Este foi o tempo que o técnico Marquinhos Carioca comandou o futebol do Samambaia. Mas a saída do treinador do comando do elenco Cobra Cipó não tem haver com a derrota para o Formosa, dentro do estádio Rorizão, que afundou o time na lanterna do Campeonato Candango de 2018. Segundo o clube, a saída do profissional se deu por motivos pessoais.

A saída do treinador conturbou ainda mais o ambiente do Samambaia, que já vinha lidando com a renúncia do presidente Neimar Frota, que entregou o cargo alegando problemas pessoais e decepção com o mundo do futebol. Porém, tudo indica que Frota mudou de ideia, já que o clube também confirmou que o presidente continua no cargo.

Para a vaga de treinador, o clube decidiu efetivar mais um membro da comissão técnica Cobra Cipó. No início do Candangão, Danilo Fiuza assumiu após Antônio Dumas sair do time antes mesmo do início da temporada. Agora, o Samambaia aposta em Val Baiano, que antes ocupava o cargo de auxiliar de Marquinhos.

O clube terá que esquecer os problemas extra-campo já na próxima quinta-feira (15/02), quando volta a campo para enfrentar a equipe do Paranoá, às 16h, no estádio Rorizão. O clube precisa urgentemente vencer da primeira vitória no ano para não se complicar ainda mais no torneio local.

Postar um comentário

0 Comentários