Ceilândia aproveita jogo adiado, goleia o Paranoá, e cola na ponta do Candangão

Ceilândia aproveita jogo adiado e cola na ponta do Candangão - Foto: Reprodução/Facebook.com/CeilandiaEC

O Ceilândia continua dando mostras de que é um dos favoritos ao título do Campeonato Candango. Na tarde desta quarta-feira, o Gato Preto venceu o Paranoá, em jogo válido pela terceira rodada - e que foi adiado devido a participação do alvinegro na Copa Verde -, por 4x1, se aproximando ainda mais do líder Sobradinho. Agora, o time da maior cidade do DF está um ponto atrás e tem dois jogos a menos.

O Gato Preto iniciou o jogo já querendo resolver a parada e ter tranquilidade no decorrer da partida. Tanto que, em apenas 15 minutos de jogo, balançou às redes do goleiro Rodolfo duas vezes. Primeiro, aos 11, Cauê subiu bem para aproveitar cobrança de escanteio feita pela direita e colocou os donos da casa na frente do placar: 1x0. 

Logo depois, o atacante Wallace Jesus aumentou ainda mais a vantagem do alvinegro. Ele recebeu de Emerson Martins e fuzilou o arqueiro Rodolfo. Aos 19 minutos, Gago teve grande chance dar total tranquilidade aos comandados de Adelson de Almeida, mas desperdiçou. Na sequência da primeira etapa, o clube apenas administrou o resultado.

O início dos 45 minutos finais, porém, foram bem mais agitados para os torcedores que compareceram ao estádio Abadião. Logo aos 3 minutos, Wallace, mais uma vez ele, colocou a bola no fundo da rede da Cobra Sucuri. 

Tentando uma reação, o Paranoá diminuiu três minutos depois, com tento do lateral-esquerdo China. Nos 15 minutos posteriores, o Gato Preto diminuiu ainda mais o ritmo e passou a administrar o confronto. Sem forças, a Cobra Sucuri não conseguia avançar.

Aos 22 minutos, o castigo pela ineficiência azul. O atacante Vavá driblou praticament toda a defesa do Paranoá e marcou o quarto da goleada alvinegra. Uma verdadeira pintura para colocar 4x1 no marcador do estádio Abadião e dar números finais ao jogo.

Na próxima rodada, o Paranoá volta a campo no domingo (25/02), às 10h30, quando recebe o Formosa no estádio Augustinho Lima. Às 15h30 do mesmo dia, o Ceilândia vai enfrentar um clássico que promete eletrizar a cidade, contra o Sobradinho, novamente no Abadião.

CEILÂNDIA 4

Fernando; Júlio, Cocada, Cauê e Kabrine; Didão, Emerson Martins, Gago e Alcione; Wallace e Vavá

Técnico: Adelson de Almeida

PARANOÁ 1

Rodolfo; Vitinho, Zumba, Indío e China; Agenor, João Carlos, Rafa Fontes, André Bassi e Renato; Emerick

Técnico: Luis Carlos Souza

Postar um comentário

0 Comentários