Maioria das partidas do Candangão fecha borderô no vermelho

Jogo entre Gama e Bolamense foi o único com saldo positivo
Douglas Oliveira - Ascom/S.E. Gama



Quatro das cinco partidas de abertura do Campeonato Candango fecharam o borderô de gastos no vermelho. Isso significa que a maioria dos duelos da 1ª rodada do Candangão deram prejuízo aos clubes e para a Federação de Futebol do Distrito Federal (FFDF). Brasiliense x Real, Santa Maria x Luziânia, Paracatu x Samambaia, e Sobradinho x Formosa foram as partidas que registraram saldo negativo.

O jogo Santa Maria e Luziânia, que abriu o torneio local no sábado custou quase o dobro do que arrecadou com bilheterias. Os 694 torcedores que compareceram ao estádio geraram R$ 2.440,00. Os ingressos para a partida estavam sendo vendidos a R$ 1,00 e R$ 10,00. Ao todo, 500 entradas foram adquiridas pelo valor mínimo cobrado. Em campo, os dois times empataram em 2x2.

Já os gastos necessários para que a partida fosse realizada ficaram em R$ 4.667,78. As despesas estão divididas entre seguros obrigatórios para torcedores e arbitragem (R$ 93,28), taxas destinadas a Federação de Futebol do Distrito Federal (R$ 244,00) e despesas operacionais, como ambulância e arbitragem (R$ 4.330,00). 

A partida entre Brasiliense e Real, disputada no estádio Mané Garrincha, também fechou no prejuízo. Com os ingressos, o duelo entre Jacaré e Leão arrecadou R$ 5.200,00 com os 988 torcedores que pagaram ingresso, porém, as despesas em R$ 5.746,80: saldo negativo de R$ 546,80.

O jogo entre Paracatu e Samambaia, disputado no Frei Norberto, arrecadou R$ 4.320,00 com as 568 entradas comercializadas. Já as despesas fecharam em R$ 5.745,20, um déficit de R$ 1.425,20. O duelo entre Sobradinho e Formosa, no Augustinho Lima, registrou prejuízo parecido. O 235 pagantes geraram R$ 3.559,00, o que não foi suficiente para cobrir os gastos de R$ 4.745,56.

Apenas Gama registra lucro na estreia

A partida entre Gama e Bolamense, também disputada no estádio Bezerrão, foi a única da rodada inaugural a fechar com saldo positivo. Isso graças aos 1.724 torcedores que pagaram ingressos. Vale ressaltar que o jogo foi o que teve as entradas mais salgadas do Candangão até o momento: variavam entre R$ 10 e R$ 30,00.


Com as entradas, o valor arrecadado fechou em R$ 21.630,00. Os bilhetes com mais procuram foram os da arquibancada Leste e Sul, que custavam R$ 10,00. Com despesas no valor de R$ 6.668,68, a renda líquida ficou em R$ 14.931,62. Todos os relatórios estão disponíveis no site da Federação de Futebol do Distrito Federal.